24/07/2018 às 22h33min - Atualizada em 24/07/2018 às 22h33min

Bueiro sem tampa no Engenho Velho de Brotas causa dor de cabeça a moradores

Segundo moradores, o bueiro está sem tampa há cerca de 15 dias, onde veículos caem e pedestres se acidentam

Tribuna da Bahia
Foto: Varela Notícias

A falta de uma tampa na rede de drenagem de água de chuva em uma transversal do Engenho Velho de Brotas está causando dor de cabeça aos moradores do local e a quem passa por ali. Segundo informaram, o bueiro está aberto há cerca de 15 dias causando transtornos à população.

A tampa da rede foi removida com a passagem de carros. Segundo uma moradora que preferiu não se identificar, usuários de drogas aproveitaram que a tampa saiu e levaram ela: “Com a passagem dos carros, ela foi soltando até que saiu de vez. Quando a gente ia pegar pra guardar, pra justamente quando viessem a gente entregar, uns ‘sacizeiros’ vieram e levaram a tampa”.

Segundo o pintor Daniel Santos, 56, vários veículos se acidentam no local: “Uma moça ontem passou com o carro e acabou se acidentando. Ela ficou nervosa e nós que fomos socorrer. Outro dia um motoqueiro caiu aí também”, contou. Segundo Daniel, além de veículos, todo dia alguém cai no local.

Daniel lembra ainda que uma equipe da Embasa chegou a visitar o local, mas a resposta não foi positiva: “Veio uma equipe aí e falaram que não era com eles. Disseram que o problema era uma tampa, que quem tem é a prefeitura”, conta.

Além dos acidentes, ratos que saíram do bueiro já destruíram a tampa de uma casa próxima ao local, além do mau cheiro provocado pelo esgoto que passa por ali: “Há uma cadeirante que vive nesta casa bem em frente a este bueiro. Ela fica recebendo esse mau cheiro o dia todo, capaz até de pegar uma doença. Uma falta de respeito”, conta Daniel.

Em nota a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) afirmou que direcionou uma equipe de técnicos ao local, que constataram que trata-se de tampa da rede de drenagem de águas de chuva, cuja responsabilidade seria da Prefeitura.

Em contato com a Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman), o órgão garantiu que encaminhou uma equipe ao local para verificação das necessidades de manutenção do sistema de drenagem, dentre elas a recolocação ou substituição da “tampa de caixa” relatada.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »