31/08/2022 às 18h28min - Atualizada em 31/08/2022 às 18h28min

Doença causada por coronavírus felino mata gato filhote em SC

Filhote Oliver tinha como tutor Rafa Steinbach, comunicador de rádio que tentava importar medicamento. Doença peritonite infecciosa felina não é transmitida a humanos ou cães

AB Notícias News
G1
Reprodução

Um gato filhote com 7 meses de vida morreu de peritonite infecciosa felina (PIF), doença causada por uma mutação do coronavírus felino. O tutor do animal, o comunicador de rádio Rafa Steinbach, tentava importar um medicamento. A doença não é transmitida a humanos.

O gato morreu nesta terça-feira (30), quando chegaria o remédio a Blumenau, no Vale do Itajaí, onde Steinbach mora.

 

"Infelizmente perdemos a batalha. Nosso gurizinho foi forte e lutou com todas as forças que tinha contra essa doença, que é rápida e cruel", escreveu o tutor em uma rede social.

 

Steinbach chegou a fazer uma campanha para arrecadar o medicamento que poderia ajudar Oliver. "Agora ele vai descansar depois de ter conquistado os corações de tantas pessoas na breve vida que teve", disse o tutor em uma rede social.
 

O animal estava internado desde sexta-feira (26), recebendo cuidados veterinários. O remédio GS-441524, usado no tratamento contra a doença, custa cerca de R$ 30 mil.

 

O que é peritonite infecciosa felina

 

A médica veterinária Thalita de Noffri explicou ao g1 que a doença é provocada por uma mutação do coronavírus nos felinos, que não é transmitida para humanos e cachorros. "Ele adquire esse vírus pela ingestão, ou seja, um gato contaminado elimina esse vírus nas fezes, outro gatinho pisa, suja a pata, e para se higienizar, ele lambe, e essa é a forma de contaminação".
O diagnóstico é feito por exame de sangue, mas, ao longo da vida, é possível o gato se infectar. Por isso, a veterinária reforça alguns cuidados. "O importante é manter a saúde do gato em dia, criando dentro de casa, dando remédio contra vermes, controle de pulgas, tendo boa higienização na caixa de areia, porque o gato, por si só, já tem boa higiene. Oferecer boa alimentação, bastante fonte de água, porque é um animal difícil de beber água, e ao menor dos sintomas e qualquer alteração que tiver, procurar um veterinário".


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia