02/06/2022 às 11h58min - Atualizada em 30/08/2022 às 04h03min

Anvisa recebe dados adicionais do pedido de ampliação do uso da vacina Coronavac para crianças de 3 a 5 anos

Solicitação de inclusão desse grupo na vacinação contra Covid foi feita em março pelo Instituto Butantan, mas Agência exigiu dados adicionais durante avaliação dos documentos.

G1
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2022/06/02/anvisa-recebe-dados-adicionais-do-pedido-de-ampliacao-do-uso-da-vacina-coronavac-para-criancas-de-3-a-5-anos.ghtml

Solicitação de inclusão desse grupo na vacinação contra Covid foi feita em março pelo Instituto Butantan, mas Agência exigiu dados adicionais durante avaliação dos documentos. Profissional de saúde de SP segura ampola de CoronaVac, imunizante contra Covid-19
Divulgação/Ascom/GESP
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disse nesta quinta-feira (2), por meio de nota, que o Instituto Butantan enviou dados adicionais referentes ao pedido de autorização da vacina Coronavac para crianças de 3 a 5 anos nesta quarta (1°).

A solicitação de inclusão do grupo tinha sido feita pelo Butantan em março deste ano. Durante análise dos documentos, foram exigidos mais dados.
De acordo com a Agência, em reunião realizada no dia 25 de maio, o Instituto Butantan se comprometeu a submeter formalmente os dados adicionais para que a Anvisa pudesse dar seguimento à avaliação do pedido.
Butantan afirma que CoronaVac é segura para uso em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos
A Anvisa afirma que irá iniciar a análise técnica e avaliará a necessidade de nova discussão com as sociedades médicas.
A Agência diz ainda que mantém o seu compromisso na avaliação das vacinas, fundamentando as suas ações na legalidade e nos parâmetros estabelecidos em suas normas, convergentes com as principais autoridades estrangeiras e com os princípios científicos.
Histórico vacinação infantil
A vacinação contra a Covid em crianças de 5 a 11 anos de idade no Brasil começou no dia 14 de janeiro.
A imunização das crianças com a vacina da Pfizer havia sido autorizada em 16 de dezembro pela Anvisa.
No dia 20 de janeiro, a agência aprovou o uso da CoronaVac em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, desde que não tenham problemas no sistema imunológico.
Davi Seremramiwe Xavante, 8 anos, da tribo Xavante, primeira criança a receber a primeira dose da vacina contra Covid-19 da Pfizer, no Hospital das Clinicas, em São Paulo, nesta sexta-feira (14)
Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão conteúdo

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2022/06/02/anvisa-recebe-dados-adicionais-do-pedido-de-ampliacao-do-uso-da-vacina-coronavac-para-criancas-de-3-a-5-anos.ghtml


Link
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia