23/07/2018 às 10h15min - Atualizada em 23/07/2018 às 10h15min

Dublê de Giovanna Antonelli admite medo, mas só pediu substituição uma vez na carreira

Thayná Rodrigues

Agência O Globo -
Agência O Globo -
A dublê Roberta Felipe é a reponsável pelas cenas de ação de Irene, Bibi e Jeiza Foto: Reprodução/Instagram

Ela já foi atropelada, baleada, jogada na água fria, desceu um muro de nove metros de altura no braço, abusou dos limites de velocidade, esteve à beira de precipícios... Como um gato, Roberta Felipe escapa de qualquer perigo e parece ter muito mais do que sete vidas. Principal dublê da novela “Segundo sol”, a profissional virou sensação nos bastidores do folhetim — e fora dele — ao aparecer em vídeos de Giovanna Antonelli para as redes sociais.

 

“Quem é você? Eu sou você! Ai, gente! Que óbvio, né?”, disse a atriz, que até já brincou que a sósia de 33 anos também está apta a fazer suas cenas como DJ.

— Giovanna vive me zoando. Só nos conhecemos nesta novela, e a conexão foi, de cara, muito boa — admite a dublê, há 13 anos na função.

 

Se quisesse, Roberta bem que poderia colocar a galera da novela para dançar na pele de Ariella (Antonelli) — já que ela tem registro profissional como atriz —, mas a estudante de Cinema está ali mesmo é para “rebolar’’ nas cenas que envolvem perigo e esforço físico. Foi ela que encarnou a DJ nas cenas em que a baiana salva a filha de um atropelamento e na sequência em que Luzia foge do cativeiro de Karola (Deborah Secco).

 

— Tenho medo em todas as situações, mas ele não me trava. É esse sentimento que me mantém inteira, porque dá a medida do que posso fazer. Tudo o que faço é calculado: altura, corrida, esforço físico — explica Roberta.

 

A avaliação de riscos não impede que, de vez em quando, ocorram alguns imprevistos durante as gravações.

— O mais comum é, nas cenas em que estou dirigindo, o carro perder um pouco a traseira e dar uma derrapada. Levo susto, mas não é nada que saia do controle— admite ela: — Os arranhões, machucados e roxos espalhados pelo corpo, eu nem conto. Já estão todos no contrato!

 

A confiança de Roberta, que faz parte da agência Senna em Cena, é de uma pioneira no mercado profissional de dublês do país. Além de ter atuado nas três últimas novelas das nove da Globo (“A força do querer” (2017), “O outro lado do paraíso” (2017) e “Segundo sol” (2018)), ela também integrou o elenco de filmes:

— Meu primeiro grande trabalho foi em “Tropa de Elite (2007)”, e não parei mais. Naquela época, éramos poucas mulheres nessa área. Muitos homens interpretavam atrizes em cena. Hoje em dia, isso não acontece com tanta frequência. Ainda bem! Isso mostra que as mulheres estão ganhando espaço nos estúdios.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »