27/07/2022 às 16h37min - Atualizada em 27/07/2022 às 19h35min

Nova Era do Marketing: 3 tendências fazem a diferença

Entre as principais tendências estão foco em ESG, atualização de processos de procurement e atenção ao novo comportamento do consumidor

SALA DA NOTÍCIA Daniel Prianti
Daniel Prianti, cofundador da BPool. Crédito da imagem Johnatas Gouveia-Divulgação-BPool
 

Especialmente no último ano, o mercado de marketing passou por mudanças rápidas, profundas e definitivas. O crescimento exponencial das relações online trouxe uma nova forma das marcas se comunicarem com seus públicos. Esse movimento influenciou diretamente a forma de atuação das organizações e o investimento no marketing foi a saída de muitas delas para se destacarem neste universo: a busca pelo fornecedor ideal em um mercado tão fragmentado como o brasileiro, a necessidade de se adequar ao conceito de ESG e agilidade em processos de compras  transformaram a realidade dos profissionais do setor.

 

Mesmo com o arrefecimento da pandemia, muitas dessas mudanças vieram para ficar e as empresas precisarão se adaptar para construir estratégias de negócio vencedoras. Para acelerar essa caminhada, a BPool, pioneira em EGM (enterprise gateway marketplace) para o setor de comunicação, traz  as principais tendências de marketing para as empresas em 2022:

 

Conectando ESG ao marketing 

 

Nos últimos meses, uma das tendências que mais ganhou força dentro das discussões do meio corporativo foi o ESG (Environmental, Social and Governance), para o qual muitas empresas afirmam estar orientando seus projetos e ações. Além de tornar processos mais sustentáveis, o ESG atua diretamente na relação entre consumidor e marca. 

 

Por isso, quando uma empresa declara seguir os princípios ESG, é crucial que saiba de fato aplicar o ambiental e o social em diálogo com a governança, e que agregue esses três pilares em seus projetos e em sua comunicação como um todo - até mesmo nas peças publicitárias-, a fim de transparecer o que está sendo executado. Ou seja: praticar o ESG vai além da comunicação, é preciso dar um passo em direção à eficiência operacional nas organizações.

 

“Estes valores devem seguir intrinsecamente ligados às estratégias de marketing das corporações, seja na comunicação com o cliente final ou na responsabilidade com a otimização de recursos utilizados para a produção de projetos de marketing. Por isso, é fundamental que CMOs e os times de compras estejam alinhados com os critérios de ESG seguidos pelas empresas, para que estes valores sejam transmitidos de forma transparente e eficiente aos consumidores, tanto no B2B como B2C”, explica Daniel Prianti, cofundador da BPool.

 

Agilidade no procurement acelera transformação digital

 

Uma das maiores dificuldades para as equipes de Procurement das empresas está ligada ao cumprimento dos processos internos ao mesmo tempo em que garantem a agilidade das atividades da corporação. Essa discussão preocupa até mesmo as grandes organizações que utilizam plataformas tecnológicas de acompanhamento. Por isso, apesar da sigla EGM (Enterprise Gateway Marketplace) ser uma novidade, já é comentada por especialistas como uma das principais tendências de negócio para o marketing, não apenas para 2022, mas também para os próximos anos.

 

O objetivo central do EGM é conectar empresas e fornecedores de forma mais ágil,  associando múltiplos fornecedores por meio de uma única plataforma e, assim, um único processo de compra. Quando se trata de marketing, um setor altamente fragmentado e com milhares de players no Brasil, um dos maiores desafios das empresas é encontrar os serviços que correspondam às suas necessidades em um único fornecedor. Além de resolver esse desafio, o EGM é capaz de conectar todos os processos de aquisição de serviços, de ponta a ponta, reduzindo significativamente o tempo e os recursos dedicados aos projetos.

 

Para Prianti, o EGM pode otimizar em até cinco vezes o tempo entre escolha do fornecedor e produção de uma campanha. “Entre as dores das grandes empresas hoje estão encontrar o fornecedor ideal, superar a burocracia dos processos de contratação e pagamento de novos fornecedores e cumprir com os prazos de realização de projetos de marketing. O modelo de plataforma EGM faz uso de tecnologia e inteligência de dados para conectar parceiros criativos e clientes de uma maneira prática, justa e transparente”, diz.

 

Fragmentação de mercado gera cada vez mais oportunidades

 

O conceito de inovação, principalmente para os próximos anos, com o processo intenso de fragmentação que o mercado vem sofrendo, não está atrelado apenas a novas tecnologias, mas sim à infraestrutura e processos. 

 

No Brasil existem, hoje, cerca de 10 mil agências de publicidade, a maioria delas concentrada na região sudeste. Estima-se que o mercado de marketing e publicidade movimenta, anualmente, cerca de 10 bilhões de dólares apenas no Brasil. Com essa quantidade crescente de players do setor, as oportunidades de encontrar fornecedores diversos e cada vez mais adequados às necessidades das marcas também cresce.

 

Para aproveitar essa oportunidade, companhias que precisam encontrar seus parceiros para projetos de marketing precisam ter a certeza de que o fornecedor contratado é o ideal para a realização de um projeto. Ou ainda que os serviços atendam às reais necessidades da empresa ao mesmo tempo em que oferecem as melhores oportunidades disponíveis no que se refere às novidades. 

 

“Para superar esses desafios, é vital que as corporações se conectem com players de todos os portes, em todas as verticais do marketing, a fim de receberem a inovação necessária para manterem a competitividade. Isso permite oferecer uma curadoria mais especializada às empresas e até mesmo incentivar o empreendedorismo no setor, gerando negócios melhores e mais customizados”, afirma Prianti.

 

Sobre a BPool:

Fundada em 2019, a BPool é um EGM (Enterprise Gateway Marketplace) que conecta grandes corporações ao novo ecossistema fragmentado e alternativo de comunicação formado por centenas de pequenas empresas especialistas. Através do algoritmo de curadoria e matching e um workflow automatizado, a plataforma permite que clientes façam contratação e gestão de serviços de marketing trazendo ganhos significativos em criatividade, inovação, agilidade e eficiência. A BPool nasceu no Brasil em 2019 e hoje atua em 10 países da América Latina conectada a um ecossistema de mais de 1.500 parceiros e atendendo a mais de 70 marcas de clientes de médio e grande porte, entre eles grandes corporações como L'Oréal, Reckitt, Kellogg's, Unilever, Nestlé, Novartis e Pernod Ricard. A plataforma recebeu aporte dos fundos Chromo Invest, Quartz Investimentos entre outros investidores. Para mais informações, acesse o site da empresa.


 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia