19/09/2019 às 12h24min - Atualizada em 19/09/2019 às 21h56min

Aposentadoria imobiliária: consórcio é opção para criar carteira de imóveis

Investir no mercado imobiliário é uma alternativa, além da previdência privada, com planos mais rentáveis.

DINO


O Brasil está envelhecendo rapidamente, segundo dados do IBGE. Em tempos de reforma da Previdência e aumento da longevidade, levantamento do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), em parceria com a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), aponta que 78% da população admitiu não estar se preparando para a hora de se aposentar. Diante dessa realidade é necessário começar a planejar o futuro para não ficar dependente apenas do INSS e, assim, conseguir aproveitar a terceira idade sem preocupações.

Uma opção, além da previdência privada, e com planos mais rentáveis, é investir no mercado imobiliário, pois há um aumento crescente na demanda por imóveis, visto o déficit habitacional crônico no Brasil. O consórcio é uma modalidade prática, segura e vantajosa para quem quer começar a investir em uma aposentadoria imobiliária.

José Climério Silva de Souza, Diretor-Executivo do Consórcio Nacional Bancorbrás, explica que a modalidade tem como objetivo disponibilizar crédito para a aquisição de bens sem juros e sem entrada. "Essa forma de investimento consiste na organização de um grupo que receberá quantias mensais de todos os integrantes, durante um período previamente estabelecido, para criar uma poupança conjunta". Durante esse tempo, um ou mais integrantes são sorteados mensalmente para receber o valor necessário para a compra do bem. "O sorteio define apenas a ordem dos participantes a serem contemplados. Ao final do prazo do grupo de consórcio, todos serão beneficiados", aponta.

No mercado há diversos planos que atendem às necessidades de cada consorciado e que possibilitam os interessados a se programarem financeiramente. O primeiro reajuste, para os clientes do Consórcio Nacional Bancorbrás, só acontece após 24 meses da inauguração do grupo, de acordo com o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC). Os clientes também podem usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para oferecer lances, complementar o valor da carta de crédito ou quitar as parcelas em aberto. "Após a contemplação, seja por sorteio ou lance, o consorciado pode colocar o imóvel para locação e repetir a receita para criar uma carteira de imóveis", comenta José Climério.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia