20/01/2022 às 10h00min - Atualizada em 20/01/2022 às 12h20min

Surgimento de novas variantes reforça importância da limpeza corporativa

Muitos hábitos de higiene foram adquiridos desde o início da pandemia. Agora é hora de consolidar esses hábitos em nome da saúde no ambiente de trabalho.

DINO
http://www.seac-sp.com.br/index.php/comunicacao2/campanha-limpeza-e-saude
Seac-SP


Após esses dois longos anos convivendo com o novo Coronavírus e seus impactos, os hábitos de limpeza adquiridos no início da pandemia já se tornaram parte do dia a dia das pessoas, mostrando ao mundo a importância de ter um hábito mais sério com a limpeza. Na pesquisa realizada pelo Instituto QualiBest, foi revelado que sete em cada dez pessoas modificaram suas práticas de higiene desde os primeiros casos de confirmação da doença, assim, comprovando que a limpeza e saúde estão conectadas.

Neste ano de 2022, o presidente do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo (SEAC-SP) Rui Monteiro diz que, "para que possamos ter um ano saudável é necessário colocar em prática de uma vez por todas os novos hábitos adquiridos e entender que um ambiente de trabalho bem higienizado impacta inclusive na qualidade dos serviços e na vida dos colaboradores".

Agora, com novos casos das variantes do novo Coronavírus (Delta e Ômicron) e a nova variante da Influenza (H3N2) em alta, essas medidas devem continuar sendo seguidas ou até mesmo redobradas, para garantir o bem-estar de todos. Isso porque em ambientes corporativos, quando há ausência de um serviço profissional de limpeza e, assim, há má execução da higienização, problemas podem ocorrer, tanto para os funcionários quanto para a própria empresa, como a queda da motivação da equipe, danificação predial e de equipamentos, queda na produtividade dos colaboradores e, no pior dos casos, a proliferação das doenças.

Esses dados são de um estudo feito pela americana Green Building Association, uma organização sem fins lucrativos que preza pela sustentabilidade e padronização de processos em projetos, construções e operações, especialmente em condomínios. Neste estudo é possível perceber como um ambiente limpo e organizado influencia diretamente nos resultados de uma equipe. Segundo a organização, a limpeza influencia na produtividade de uma corporação muito mais do que se imagina. Em um escritório, por exemplo, o fluxo de trabalho aumenta em cerca de 16% se o ambiente estiver adequadamente limpo. Em uma fábrica, esse número aumenta para 40%. 

“Para garantir uma boa limpeza e higienização é indispensável que haja uma equipe profissional para executar as tarefas. Os profissionais devem ser preparados e fazer o serviço com eficiência e qualidade, proporcionando, assim, um ambiente de trabalho mais limpo, organizado e com segurança para os colaboradores. Isso acontece mais facilmente com a contratação de uma empresa especializada no serviço, que oferece treinamento contínuo e oportunidades de crescimento aos seus funcionários”, complementa Monteiro.

O SEAC-SP promove uma campanha chamada “Limpeza é Saúde”, que atende corporações de todos os segmentos quando estas contratam uma empresa de limpeza profissional. A campanha tem o intuito de lembrar a todos que ambientes limpos e organizados impactam diretamente na saúde de todos e na produtividade e qualidade das atividades realizadas pelos colaboradores. Essa campanha é um incentivo para que gestores adotem uma filosofia que promove bem-estar para todos e que ainda garante a segurança de suas economias. As empresas que demonstrarem interesse em fazer parte da campanha, adotando práticas que a apoiam, ganharão o direito de usar o selo de qualidade.



Website: http://www.seac-sp.com.br/index.php/comunicacao2/campanha-limpeza-e-saude
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »