17/01/2022 às 08h19min - Atualizada em 17/01/2022 às 14h51min

Digital House é selecionada no ranking GSV EdTech 150 como uma das EdTechs mais transformadoras do mundo

Fundo chefiado por mulheres elege Ed Tech como uma das 150 melhores para se investir no mundo

SALA DA NOTÍCIA Henrique Aragão
https://www.digitalhouse.com/
Sebastian Mackinlay, cofundador e CEO da Digital House Brasil

Digital House foi selecionada para a edição 2022 do “GSV #EdTech150 como uma das empresas de educação digital mais transformadoras e com maior crescimento global. O ranking, produzido pela GSV Ventures, empresa de capital de risco liderada por mulheres, é composto pelas 150 organizações que mais causaram impactos positivos no setor de EdTech. 

A Digital House foi selecionada entre mais de 3 mil empresas privadas, apoiadas por capital de risco e private equity, que estão revolucionando o mundo da tecnologia educacional. A GSV estima que juntas essas 150 empresas atinjam aproximadamente 3 bilhões de pessoas, quase metade da população mundial, e geram receitas de aproximadamente US$ 20 bilhões.

“É um orgulho estar entre uma das oito empresas latino-americanas na listaA Digital House ser reconhecida pelo ranking valida nosso posicionamento como uma empresa transformadora de educação”, disse Sebastian Mackinlay, cofundador e CEO da Digital House Brasil. E continuou: "Áreas de tecnologia da informação, vendas, finanças, digitalização e recursos humanos são tendências para o próximo ano e, em todas elas, há a necessidade de habilidades digitais. O mercado de trabalho informatizado deve seguir em alta, e nosso papel é manter nossos alunos sempre por dentro das atualizações necessárias, independentemente de idade, gênero, raça ou condição social de origem”.


Sobre o Ranking

Em 2020, a GSV lançou a lista de líderes em tecnologia educacional, o EdTech 50. Devido ao rápido crescimento do setor como consequência da pandemia e das contínuas evoluções tecnológicas, a lista aumentou para 150 no ano seguinte. Segundo os organizadores, o setor não tem mostrado sinais de desaceleração. Pelo contrário, todas as organizações da lista tiveram um crescimento de receita de dois dígitos nos últimos meses.

“À medida que a pandemia continua a direcionar os alunos para o online, mais e mais empresas estão inovando no espaço de aprendizado digital, tornando-o cada vez mais competitivo para as organizações. Para chegar ao top 150, avaliamos mais de 3 mil empresas globalmente este ano”, disse Luben Pampoulov, sócio da GSV Ventures. E acrescentou: “Percebemos que há cada vez mais empresas com ideias, conhecimento e talento para transformar o mundo e dar a todos o mesmo acesso ao futuro. Sabemos que essas empresas estão bem equipadas para nos ajudar a atingir esse objetivo e estamos ansiosos para vê-los fazer isso."

Para constar na lista, as 3 mil empresas avaliadas pela GSV atenderam aos seguintes critérios: 

- Serem entidades privadas, que atuem em aprendizagem digital e recebam apoio de fundos de venture capital ou private equity;

- Ter atingido resultados em uma escala significativa, bem como apresentar um forte e consistente crescimento orgânico; 

- Empresas que já passaram da Série A, fase de investimento em uma empresa startup, de capital fechado, e que, após ter demonstrado progresso na construção de seu modelo de negócios, começam a crescer e gerar receita.

A seleção final é determinada pelo sistema de pontuação proprietário da GSV, que aplica pontuações em vários KPIs, como escala de receita, crescimento de receita, escopo de aprendizado ativo, alcance internacional e perfil de margem. 

A lista completa do GSV EdTech 150 está aqui.


Sobre a Digital House

A Digital House é uma organização educacional (EdTech) que transforma a vida das pessoas desenvolvendo habilidades digitais que impactam a sociedade. Com esse objetivo, oferece treinamento totalmente a distância sob uma metodologia inovadora com foco especial na prática. Sua oferta acadêmica de classe mundial inclui uma variedade de cursos intensivos para treinar as habilidades digitais mais requisitadas. Também oferece uma série de programas executivos e cursos in company para treinar e atrair os talentos que as corporações precisam para sua transformação digital. Seu mais recente lançamento, Certified Tech Developer, é um programa de dois anos em programação que visa criar um novo conceito acadêmico baseado em metodologias ágeis e prática intensiva.

Digital House opera atualmente no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, México, Peru e Uruguai, e planeja expandir para novos países.


Sobre a GSV Ventures

A GSV Ventures é uma empresa de capital de risco de vários estágios, liderada por mulheres, focada no setor de educação de US$ 7 trilhões. O fundo está atualmente investindo no GSV Ventures Fund III e apoia empreendedores inovadores em todo o mundo no Arco de Aprendizagem “Pre-K to Gray”. A GSV administra mais de US$ 675 milhões em investimentos globais em EdTech. As participações do portfólio incluem Andela, Class Technologies, ClassDojo, Coursera, Course Hero, Degreed, Guild, MasterClass, Outlier, Photomath, Quizizz, Lead School, Brightchamps e ClassPlus, entre outros.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »