13/01/2022 às 13h48min - Atualizada em 13/01/2022 às 14h31min

Edtech Hybre une-se à Zoom Meetings para desenvolver projetos educacionais

Acordo envolve o desenvolvimento de soluções que aproveitem a tecnologia para potencializar a experiência dos alunos em sala de aula

SALA DA NOTÍCIA Leticia Leal

São Paulo, 20 de dezembro de 2021 - Segundo o relatório “The Silent Epidemic Perspective of High School Dropouts”, o tédio é a principal explicação para mais da metade da evasão escolar nos Estados Unidos. Outra pesquisa, feita pela consultoria Gartner, apontou que 74% das empresas e instituições de ensino pretendem manter algum tipo de flexibilização de jornada após o distanciamento social motivado pela pandemia. Somadas, as duas constatações mostram um cenário que contrasta crise do modelo de ensino presencial e crescimento do formato híbrido, potencializado pelo advento de novas tecnologias. Essa perspectiva uniu a Zoom Meetings e a edtech Hybre, especializada em soluções para conectividade no ensino, em uma parceria estratégica para o desenvolvimento de novos projetos.

“Procuramos trabalhar com o que há de melhor no mercado - empresas que combinem conhecimento da indústria, de tecnologia e do que nós fazemos”, diz Flavio Valiati, líder de educação da Zoom no Brasil. “Hoje, dentro do nosso portfólio, temos um produto específico para salas híbridas, que vai mais numa linha de software, mas a capacidade de entrega e o know-how vêm da experiência com os canais. A Hybre une esses dois mundos: qual o equipamento ideal? Qual o periférico ideal? Qual a metodologia que vamos aplicar? A ideia é criar uma experiência única, e não algo diferente para quem está online e para quem está presencial”, complementa.

O acordo entre as duas marcas é baseado em uma colaboração de vendas, com estruturação de projetos em conjunto. Fundada nos Estados Unidos, a Zoom é alicerçada em cinco verticais de negócios. A área de educação foi a primeira replicada na América Latina, e a Hybre ocupa um papel estratégico nesse crescimento.

“Quando trazemos para a mesa a parceria da Hybre com a Zoom, incluímos conhecimento tecnológico e muitos outros elementos no contexto. Esse trabalho que estamos desenvolvendo em conjunto é uma grande aposta”, classifica Gustavo Izhizaki, gerente de canais da Zoom no Brasil.

A parceria também é estratégica para a Hybre, uma edtech 100% brasileira. Nascida durante a pandemia, a empresa recebeu aporte milionário e tem perspectiva de faturamento para 2022 de R$ 10,5 milhões.

“A Hybre nasceu a partir de uma percepção que o mercado era carente de tecnologia voltada ao ensino. Existia uma oportunidade de fazer diferente, trazendo um propósito maior para a área. Então a gente entendeu que precisava desenvolver um ecossistema de parceiros que fizessem sentido, como a Zoom”, diz Tiago Ribeiro, head of business da edtech. “Estamos focados em entregar a melhor experiência para o ensino híbrido, através de tecnologia e soluções de colaboração para transformar o ambiente de ensino, conectando a sala de aula com as necessidades do futuro, trazendo mais autonomia e protagonismo aos alunos”, adiciona o executivo.

Sobre a Hybre 

A Hybre é uma startup brasileira de tecnologia focada no setor da educação, que entrega soluções para aperfeiçoar a experiência no ensino híbrido e elevar a qualidade no aprendizado, por meio de tecnologias e produtos de colaboração. 

Saiba mais em www.hybre.com.br 

Informações à imprensa 

Agência Prioriza 

Gil Stefani – [email protected] – 11 9.8785.3926 

Guilherme Costa - [email protected] - 11 9.99899.0624

Thaís Fernandes - [email protected] - 11 9.5880.1076


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »