25/11/2021 às 08h44min - Atualizada em 25/11/2021 às 08h44min

"Não é 'se', mas 'quando' nova pandemia vai acontecer", diz especialista da OMS

Pesquisador Carlos Medicis Morel integra grupo formado pela OMS para investigar origens das pandemias

AB Notícias News
IG
Reprodução
O mundo nem se livrou da pandemia do coronavírus, que já chega a uma quarta onda na Europa , e a Organização Mundial da Saúde (OMS) já se preocupa com as próximas. A entidade montou um grupo de especialistas para investigar as origens das pandemias, com a participação do pesquisador brasileiro Carlos Medicis Morel.



“A gente está buscando não somente essa pandemia, mas as próximas. O nome do grupo é 'Origens de Novos Patógenos'. A gente diz que não é ‘se’, mas ‘quando’ uma nova pandemia vai acontecer”, disse Morel, coordenador-geral do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS) da Fiocruz, em entrevista à CNN Brasil.

Ele afirmou que a primeira investigação da OMS "foi muito complicada". Por isso, a entidade decidiu retomar a busca em outro formato. O comitê agora é permanente, com membros nomeados para um mandato de dois anos que pode ser renovado.

“O interessante foi que decidiram escolher apenas um membro por país. Então não há dominância de um país. Eu até destaquei ontem, na primeira reunião do comitê, que foi montada na verdade uma mini Assembleia Mundial da Saúde. Cada país tem uma voz. São 27 países, 27 membros”, explicou o pesquisador.

Os trabalhos são iniciados no contexto em que a vacinação avança no mundo, mas os casos de coronavírus voltam a crescer na Europa. Isso fez com que a OMS emitisse o alerta de que o 
continente pode perder mais 700 mil pessoas para a Covid-19 .


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »