24/11/2021 às 17h25min - Atualizada em 25/11/2021 às 00h01min

Toque de Arte faz um bis e apresenta segunda live em homenagem ao diferenciado musicista Magro, neste domingo (28)

Instrumentista completo, Magro fez carreira no MPB4 e teve seu talento compartilhado por artistas como Chico Buarque, Toquinho e Vinicius

SALA DA NOTÍCIA Carlos Augusto Rodrigues Arruda
Divulgação Toque de Arte
Em mais uma homenagem e reverência ao amigo eterno, o músico Antônio José Waghabi Filho, mais conhecido como Magro, que faleceu em 2012, mas até hoje presente na música, o Toque de Arte, realiza, neste domingo, 28 de novembro, às 19h, uma segunda live com momentos emocionantes vivenciados ao lado do mestre dos vocais. O sucesso da primeira apresentação, realizada em abril deste ano, faz o grupo voltar ao palco, como num grande bis, com muitos sucessos musicais, com a inclusão de arranjos não mostrados na Live anterior, num novo show, a ser visto no canal oficial do artista, “Toque de Arte Oficial”, no YouTube
 
“Magrão: Um Toque de Arte no Samba Vocal” é para todas as pessoas, sem quaisquer distinções de classe, idade, gênero, etnia, escolhas religiosas ou políticas, proporcionando diversidade e inclusão aos participantes. Um show para curtir dentro de casa e fazer aquele anoitecer do domingo se transformar em um momento de lembranças, com muita música popular brasileira boa de ouvir e cantar.

 Maestro, cantor, instrumentista completo, compositor e arranjador, Magro teve sua carreira delineada nos 47 anos em que integrou o Grupo MPB4. Mas com seu enorme talento viajou também por discos de vários outros artistas como Chico Buarque, Toquinho, Vinicius, Tunay, Simone e também do Toque de Arte, o qual trouxe a sua vocalização para o samba, dando continuidade a trabalhos já consolidados de artistas vocais como o Bando da Lua, o próprio MPB4, e mais atualmente o Arranco de Varsóvia.
 
O Toque de Arte é um grupo de samba composto por quatro integrantes: Marcelo Eloi (produção musical, voz, percussão e guitarra); Marcio Costa (voz e violão); Fernando Regis (voz e cavaco) e Leandro Vasques (voz e contrabaixo), e possui uma identidade vocal bastante diferenciada, pois realiza uma execução musical de alta qualidade, inserindo uma vocalização dentro do ritmo tão brasileiro que é o samba, tornando suas apresentações um misto de batucada e coral, o que resulta em um som ímpar.
“Magrão, como é carinhosamente conhecido, foi o nosso guru, nosso mestre e queremos que o seu conhecimento, que foi compartilhado conosco, seja para sempre lembrado e transmitido para outras gerações. E por isso estamos aqui novamente, homenageando um dos maiores arranjadores vocais que o Brasil teve a oportunidade de conhecer”, fala, Marcelo Eloi.

 No show proposto, o Toque mostrará um repertório rearranjado de clássicos do samba, passeando por Martinho da Vila, Jorge Aragão, Chico Buarque e até Alceu Valença, e contará também com depoimentos de pessoas relevantes na vida do quarteto com o maestro, como Chico Buarque, Miltinho e Aquiles (MPB4), e de sua esposa Monica Waghabi. O projeto realizou-se por meio da “Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural.

Live “Magrão: Um Toque de Arte no Samba Vocal”
Data: 28 de novembro de 2021 (domingo)
Local: You Tube Toque de Arte oficial
Horário: 19h
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »