22/11/2021 às 17h05min - Atualizada em 22/11/2021 às 17h05min

‘Dia do amor ao próximo’ estimula boas ações em favor de grupos fragilizados

Voluntários ofereceram apoio a adolescentes apreendidos, crianças e jovens abrigados e mulheres protegidas em casas de acolhimento.

AB NOTICIAS NEWS
Universal
Divulgação

Com o objetivo de estimular a prática de boas ações em favor de quem mais precisa, no último domingo (21), o programa social Universal Socioeducativo (USE) promoveu o “Dia do amor ao próximo”. O evento ocorreu em 204 cidades pelo Brasil e beneficiou 8,5 mil pessoas pertencentes a segmentos fragilizados, como adolescentes apreendidos, crianças e jovens abrigados e mulheres protegidas em casas de acolhimento.

Uma das jovens que foi ajudada graças às boas ações do USE, é Rayane Karla Araújo de Lucena. Atualmente, ela é voluntária do programa social.

“Eu era uma pessoa triste, angustiada, tinha ódio dos meus pais. Eu estava vazia e não tinha vontade de viver. Quando conheci o Socioeducativo, a primeira coisa que aprendi foi a perdoar”, relata Rayane. “Perdoei meus pais, me perdoei, me livrei daqueles maus pensamentos. Hoje, estou livre, amo os meus pais, os respeito e tenho uma vida nova. Visito abrigos de menores, fazendo uma boa ação a quem está precisando de uma palavra de ânimo e de momentos de felicidade. Cada tarde com essas crianças é muito especial.”

Durante o “Dia do amor ao próximo”, cerca de 6,8 mil voluntários do USE proporcionaram, gratuitamente, diversos serviços, como atendimentos jurídico, manicure e palestras sobre saúde e bem-estar. Também distribuíram cestas básicas, livros, brinquedos e ofereceram lanches. Os eventos ocorreram em unidades socioeducativas, em 154 abrigos para crianças e adolescentes e em 85 Centros Especializados de Atendimento à Mulher. Todos os protocolos sanitários foram observados.

“Com tanta falta de amor e de cuidado no mundo, nós escolhemos esse dia para mostrar que o projeto Universal no Socioeducativo também é amor”, explica o responsável pelo programa social no Brasil, Ulisses Gomes. “É o amor ao próximo que também nos motiva a levar para esses jovens e adolescentes que já estiveram em conflito com a lei, a mensagem de que eles não estão sozinhos.”

Criado em 1988 pela Igreja Universal do Reino de Deus, o Universal Socioeducativo beneficiou 364 mil pessoas no ano passado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »