29/10/2021 às 11h38min - Atualizada em 29/10/2021 às 11h38min

Vendas de imóveis usados crescem quase 100% na Bahia

Resultado confirma tendência de alta nos negócios, com crescimento maior do que o apurado em 2020

AB NOTICIAS NEWS
Tribuna da Bahia
Divulgação

A Bahia está vivendo um verdadeiro “boom” imobiliário e atualmente demonstra estar em um dos melhores momentos nesta pandemia em termos de vendas de imóveis usados. Dados compilados pelo Painel do Mercado Imobiliário (PMI) mostram aumento expressivo nas vendas de usados na Bahia. Segundo revelam, o mercado de imóveis usados registrou crescimento de 98,86% no estado no primeiro semestre de 2021, ante igual período do ano passado. O resultado é apontado por especialista do setor como fruto da baixa taxa de juros registrada nos primeiros meses do ano.

“O mercado de usados na Bahia encerrou o primeiro semestre com ótimo desempenho. O resultado confirma a tendência de alta nos negócios, com crescimento ainda maior do que o apurado em 2020, quando o crescimento havia sido de 49% em comparação a 2019. Esse bom desempenho pode ser explicado por um cenário de manutenção dos juros baixos naquela ocasião”, explicou a especialista de mercado imobiliário, Denise Ghiu.

Conforme ainda mostra o mesmo levantamento, o interesse dos compradores e locatários também foi notado pelo aumento no número de visitas a imóveis disponíveis, que também registrou alta de 30% no semestre, com relação aos primeiros seis meses de 2020. “No início do terceiro trimestre notamos maior tendência à negociação, pelo aumento do número de propostas e um movimento de agendamentos maior de visitas aos imóveis por conta da escolha mais criteriosa por parte das famílias”, detalhou a especialista.  

Apesar de ressaltar o cenário do primeiro semestre com relação a taxa de juros, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central (BC) elevou, na última quarta-feira (27) outubro, a taxa básica de juros – de 6,25% para 7,75% ao ano. Foi a sexta alta consecutiva em 2021. Analistas estimam que a taxa deva continuar subindo, chegando a 8,75% ao fim deste ano. O indicativo preocupa o setor imobiliário.

Projeção positiva

Como mostrado, em 2020 e 2021, ao contrário do que se observou em diversos setores da economia, o mercado imobiliário conseguiu manter bons resultados. Para o ano de 2022 são esperados números melhores. A projeção foi feita pelo presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (ADEMI-BA), Claudio Cunha. "Nossa projeção e planejamento é dentro de uma continuidade da recuperação do setor imobiliário. A gente viu nessa pandemia a importância da residência na vida das pessoas e nossa expectativa é de manutenção desse ritmo”, projetou o presidente da ADEMI-BA.

A Tribuna da Bahia questionou a ADEMI sobre os bairros com mais procura por imóveis usados em Salvador, mas a entidade respondeu que só trabalha com dados de lançamentos e vendas de empreendimentos novos. Nesse quesito, há atualmente na Prefeitura de Salvador 47 empreendimentos imobiliários em análise para serem construídos. São cerca de 15 mil unidades habitacionais para serem colocadas no mercado nos próximos anos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »