28/10/2021 às 08h58min - Atualizada em 28/10/2021 às 08h58min

Saiba como evitar proliferação da Covid-19 em eventos de final de ano

Segundo especialista realização de exames para detecção da doença podem contribuir para evitar a disseminação do vírus

AB NOTICIAS NEWS
Tribuna da Bahia
Divulgação

Com a chegada do final de ano e festas como Natal, Réveillon, celebrações de casamentos e confraternizações, eventos que costumam reunir grande número de pessoas, a atenção à saúde, ainda mais em tempos de pandemia precisam ser redobrados. Entre as medidas sanitárias propostas pelas autoridades para a flexibilização das restrições e permissão para a realização das festas com públicos maiores, estão a apresentação do comprovante de vacinação com as duas doses e a apresentação de exames que comprovem não está com a doença ativa. 

O farmacêutico e diretor executivo do Laboratório Clab, Clovis Figueiredo, destaca que a realização de exames para detecção da Covid-19 em eventos com alto volume de pessoas pode evitar uma contaminação em massa. Segundo ele, a procura por este serviço tem aumentado, sendo os grupos os principais interessados. “Começamos a receber solicitações de propostas para grupos empresariais e de pessoas, principalmente após divulgação da liberação dos eventos”, destaca.

“A exigência da testagem é uma outra forma de minimizar a disseminação em eventos de grande porte, visto que, a pessoa detectada positivamente evitará o contato com as demais protegendo aquele grupo e outros grupos com eventuais contatos. A testagem nesses casos tranquiliza as pessoas e traz segurança ao evento e à saúde dos presentes”, ressalta Figueiredo.

São dois os exames indicados, esplica o profissional: Antígeno ou o RT-PCR. “Ambos são aplicados para detecção do vírus Sars-COV-2, popularmente conhecido como Coronavírus”, acrescenta.

De acordo com famacêutico, a utilização do teste de Antígeno para Covid-19, por exemplo, se mostra altamente eficaz para triagem e diagnóstico da infecção pelo SARS-Cov-2. “Sendo utilizado em diversos setores produtivos para triagem de seus colaboradores, na realização de eventos e em populações controle, por ser um teste altamente preciso, de operação mais rápida e com tempo de espera para o resultado diminuído”, ressalta.

O profissional salienta que, no caso de eventos, o indicado para garantir um cuidado maior com o público é realizar os exames no prazo de 48h antes ou no próprio local, caso o evento disponha desse atendimento.

“Para a realização do exame, a coleta é feita mediante a introdução de um SWAB (cotonete) na narina do paciente, realizando movimentos rotatórios, a fim de coletar material da nasofaringe. Esse material é transferido para o tubo de transporte e encaminhado para avaliação”, explana.

Sobre o tempo de espera para os resultados serem disponibilizados ao paciente Clovis Figueiredo explica que: “O Antígeno tem um período de resposta de 20 minutos, enquanto o RT-PCR tem espera de um dia”, frisa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »