26/10/2021 às 15h07min - Atualizada em 26/10/2021 às 15h07min

Futuro Citroën C4 L: possível sedã da marca para o Brasil?

Inicialmente previsto para o mercado europeu, o novo três volumes pode desembarcar em mercados emergentes

AB NOTICIAS NEWS
AUTOO
Divulgação

Uma notícia interessante foi apurada pelos franceses do L′Argus. Segundo a publicação, a Citroën vai investir em um sucessor para o C-Elysée, sedã de porte compacto com foco no preço acessível.

Apesar do C-Elysée não ter alcançado o sucesso comercial que a marca projetava para ele no Velho Continente, a Citroën não parece determinada a desistir da categoria e, para tanto, trabalha no projeto conhecido como C43. 

Até onde se sabe, o futuro modelo deverá ser lançado no último trimestre de 2022 na Europa, com produção na fábrica da Citroën em Madri, onde a atual gama C4 é montada. 

O futuro C4 L, como deverá ser chamado, também terá uma versão totalmente elétrica para o mercado chinês e promete um estilo diferenciado para a carroceria, apostando em uma traseira ligeiramente mais curta. 

É interessante ficarmos atentos ao futuro projeto C43 uma vez que o atual C-Elysée também é comercializado em alguns mercados emergentes, como Tunísia e Turquia, onde a questão do custo-benefício é algo preponderante. 

Sedã para emergentes? 

Em paralelo ao sucessor do C-Elysée, vale a pena lembrarmos que, segundo apurações da imprensa especializada indiana, o programa C-Cubed, dentro do qual a nova geração do Citroën C3 está inserida, contempla ainda outros dois produtos. Todos, inclusive, confirmados para o mercado brasileiro. 

De acordo com sites e revistas indianos, um dos frutos do programa C-Cubed deverá ser um exatamente um sedã com dimensões reduzidas e pensado para ser acessível. Logo, qualquer semelhança entre ele e o sucessor do C-Elysée está longe de ser mera coincidência. 

Por conta disso, é importante acompanharmos de perto os desdobramentos do projeto C43, bem como novas informações sobre o programa C-Cubed, o qual é amplamente desenvolvido na Índia. 

Portanto são grandes as chances de que a Citroën volte a atuar no segmento de sedãs aqui no Brasil. Não na categoria de médio porte como já o fez com o C4 Pallas, mas focando em um segmento abaixo e que ainda deverá permanecer com um bom nível de participação de mercado por um bom tempo. 

Projeção de Kleber Silva para o futuro Citroën C4 L

Projeção de Kleber Silva para o futuro Citroën C4 L



Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »