26/10/2021 às 07h58min - Atualizada em 26/10/2021 às 07h58min

Empresária Melina França, acusada de agredir babá, coloca tornozeleira eletrônica

O pedido de prisão preventiva da empresária foi negado por ela ser mãe de três crianças

AB NOTICIAS NEWS
Tribuna da Bahia
Reprodução

A empresária Melina Esteves França, investigada por agredir a babá Raiana Ribeiro, colocou tornozeleira eletrônica na tarde desta segunda-feira (25), no Fórum Criminal de Salvador, localizado no bairro de Sussuarana. A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) e pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA).

O pedido de prisão preventiva da empresária foi negado por ela ser mãe três de crianças, conforme informações do Ministério Público Federal (MPF).

Melina está proibida de manter contato com a vítima e com qualquer testemunha do caso. Ela também não pode sair da capital baiana sem a autorização da Justiça e deve ficar em casa durante a noite. A empresária também terá que se apresentar a uma autoridade policial sempre que for solicitado.

Além de Raiana, Melina é investigada por violência doméstica contra outras 11 ex-funcionárias.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »