25/10/2021 às 12h03min - Atualizada em 26/10/2021 às 00h01min

Vender no mercado livre: 6 ideias de produtos

SALA DA NOTÍCIA Victor
Vender no Mercado Livre traz diversos benefícios para o empreendedor digital: investimento inicial baixo; mais visibilidade; infraestrutura de qualidade; suporte técnico; pouca burocracia, entre outros.

Para ter direito a esses benefícios, é importante escolher um bom produto para vender. Para ajudá-lo a tomar uma decisão mais assertiva, desenvolvemos uma lista com as melhores alternativas, destacando os impactos de cada uma para o empreendedor. Acompanhe!

1- Alimentos

O ramo alimentício é um dos que mais cresce em nosso país. Uma das principais vantagens dessa área é que ela permite empreender de várias formas. Você pode comercializar comida preparada, como bandejas de doces e salgados, sorvetes e sobremesas geladas, tábuas de frios, tortas salgadas, café da manhã especial, entre outros.

É possível ainda apostar em outros nichos. Dentre os mais comuns, encontram-se: congelados, frescos e mercearia. O mais indicado é optar por uma alternativa que tenha mais afinidade. Dessa forma, será mais fácil produzir itens com mais qualidade.

2- Acessórios de moda

Foi-se o tempo em que somente as mulheres estavam interessadas no mercado da moda. Agora, o público masculino também se envolve com esse segmento. Por isso, vale a pena comercializar acessórios no Mercado Livre. O mercado é amplo e oferece diversas possibilidades para o empreendedor.

Para adquirir um diferencial competitivo no mercado, escolha com qual tipo de público pretende trabalhar. Depois, defina os produtos que serão comercializados. Dê preferência para aqueles itens que costuma utilizar ou que tem conhecimento sobre o assunto. Dessa forma, você consegue passar mais confiança durante a venda.

No Mercado Livre, é possível comercializar acessórios para cabelo; bonés, chapéus e boinas; cangas de praia; chaveiros; cintas; cintos e óculos.

3- Produtos para Pet

Os produtos para Pet também não podem ficar de fora da nossa lista, especialmente porque o mercado está aquecido. Ao contrário do que ocorreu com outras áreas, a pandemia causada pelo coronavírus não afetou o segmento. E a expectativa é de mais crescimento nos próximos anos.

É fundamental deixar claro que o segmento de Pet não se restringe somente a cachorros e gatos. No Mercado Livre, o empreendedor pode comercializar produtos para anfíbios, répteis, aves, cavalos, coelhos, peixes e roedores.

4- Brindes personalizados

Existem diversos motivos pelos quais os brindes personalizados são ótimas opções para vender no Mercado Livre. Eles têm o poder de fidelizar o consumidor, destacar o seu negócio da ocorrência e permite um alcance maior do público.

Se você ainda não sabe qual é o tipo de produto que vale a pena investir, recomendamos conhecer Redd Brindes personalizados. Trata-se de uma das principais referências no assunto e que vende apenas produtos de qualidade para o consumidor.

5- Produtos para gamers

Ao lado do mercado de Pet, o segmento de gamers também conquistou um espaço bastante interessante no mercado. No Mercado Livre, é possível vender acessórios para consoles, acessórios para PC Gaming e peças para consoles.

6- Esportes e fitness

Com a chegada do verão, a tendência é que mais pessoas voltem a praticar atividade física e cuidar do corpo. Por isso, é indicado apostar nesse segmento para vender no Mercado Livre. Você pode comercializar produtos para vários esportes e peças de moda fitness.

Independente da sua decisão é importante criar um bom anúncio do produto. Invista em imagens de qualidade e construa textos atraentes. Vale também apostar no MercadoAds, que é a plataforma de anúncios que foi desenvolvida pela própria plataforma.

Após descobrir o que vender no mercado livre, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas para ser um empreendedor de sucesso.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »