22/10/2021 às 10h50min - Atualizada em 22/10/2021 às 18h50min

Saúde mental: Como os gestores podem ajudar seus colaboradores

Com a modalidade de trabalho remota, os cuidados devem ser redobrados

SALA DA NOTÍCIA Rosangela Andrade
https://falahub.com.br/falacriativa/
freepik
De uns meses para cá, o home office se popularizou ao redor do mundo. Apesar dos benefícios, como flexibilidade de horário e a eliminação de horas no trânsito para chegar ao trabalho, uma parcela da população enfrenta dificuldades para separar a rotina profissional da vida pessoal e acaba exagerando na dose. Um levantamento recente, realizado pela Microsoft, aponta que para 33% das pessoas que estão trabalhando remotamente, a falta de separação entre trabalho e vida pessoal está impactando negativamente seu bem-estar.

É importante frisar que além de impactar na vida dos colaboradores, uma saúde mental estremecida influencia diretamente no desempenho do time. Por isso, quando os gestores desenvolvem uma cultura que apoia esse tipo de cuidado, a equipe tende a render mais e ficar por mais tempo no mesmo emprego. "Investir na saúde mental dos colaboradores é uma estratégia de retenção de talentos", pontua Cristiano Soares, country manager no Brasil da Deel, startup de gestão de pagamentos e contratos internacionais.

Por isso, investir em benefícios ligados à saúde, como meditação, esportes, psicólogos e até days off podem auxiliar no processo de cuidar da mente dos profissionais. "Além disso, é fundamental demonstrar apoio a todos Os funcionários precisam assimilar que a empresa se importa com eles e que está disposta a levar em consideração suas preocupações", completa o executivo.

Outro ponto que vale lembrar é a otimização do fluxo de trabalho. Segundo Cristiano, a ideia de que quanto mais horas trabalhadas, melhor, já caiu por terra. Atualmente, existe uma série de mecanismos e ferramentas feitas para facilitar a vida corporativa. "Evite sobrecarregar a equipe e procure evitar ser um gestor controlador. É importante dar espaço e uma chance para que os funcionários gerenciem seu próprio tempo e entregas", finaliza Soares.

Sobre a Deel - A Deel é líder global em gestão de pagamento para times internacionais, permitindo que empresas contratem colaboradores de qualquer lugar do mundo, sem nenhum tipo de complicação fiscal ou trabalhista. Em apenas alguns cliques, qualquer companhia pode acessar os serviços oferecidos pela startup. Atualmente, o time conta com mais de 200 advogados espalhados pelo mundo. Com valuation de 1,25 bilhão de dólares, a plataforma reúne quatro formatos diferentes de contratação, nos quais atendem as mais diversas necessidades, possibilitando contratações por tempo integral ou meio período, por projeto ou por horas trabalhadas/serviço prestado. Presente em mais de 150 países e fundada por Alex Bouaziz (CEO) e Shuo Wang (CRO), em 2018, a empresa tem uma equipe remota de mais de 300 pessoas, em todos os fusos-horários. Nos últimos meses, a Deel levantou um total de 206 milhões de dólares em investimentos e planeja dar continuidade à expansão internacional, fortalecendo o mercado em que já está inserida e explorando outros já existentes. No Brasil, a companhia está presente desde 2021.
 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »