22/10/2021 às 10h37min - Atualizada em 22/10/2021 às 10h37min

Moraes manda prender e extraditar blogueiro bolsonarista Allan dos Santos

A decisão foi tomada no dia 5, a pedido da Polícia Federal, e indica ainda que o nome do blogueiro bolsonarista deve ser incluído na lista de Difusão Vermelha da Interpol.

AB NOTICIAS NEWS
Estadão Conteúdo
Carlos Moura / SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, ordenou a prisão preventiva e do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, dono do canal Terça Livre, no âmbito do inquérito das milícias digitais. O ministro ainda determinou que o Ministério da Justiça dê início imediato ao processo de extradição do militante de extrema direita, que está nos Estados Unidos. A Embaixada dos EUA foi comunicada sobre a decretação das medidas. 

A decisão foi tomada no dia 5, a pedido da Polícia Federal, e indica ainda que o nome do blogueiro bolsonarista deve ser incluído na lista de Difusão Vermelha da Polícia Internacional (Interpol), para ‘viabilizar sua prisão, neste País ou em outro’. A Procuradoria-Geral da República foi contra a medida. No mesmo despacho, Alexandre ainda decretou o bloqueio das contas bancárias do bolsonarista. 

Ao avaliar o pedido de prisão preventiva de Allan dos Santos, Alexandre registrou que a PF apresentou ‘indícios fortes, plausíveis e razoáveis’ da vinculação do bolsonarista à práticas de diversos crimes. 

O ministro do STF considerou que a preventiva seria a ‘única medida apta a garantir a ordem pública’ considerando que o blogueiro ‘continua a incorrer nas mesmas condutas investigadas, ou seja, permanece a divulgar conteúdo criminoso, por meio de redes sociais, com objetivo de atacar  integrantes de instituições públicas, desacreditar o processo eleitoral brasileiro, reforçar o discurso de polarização; gerar animosidade dentro da própria sociedade brasileira, promovendo o descrédito dos poderes da república, além de outros crimes, e com a finalidade principal de arrecadar valores’. 

Alexandre registrou ainda que o comportamento de Allan não se limita a internet, destacando que o blogueiro seria o “organizador de diversas reuniões entre membros da organização criminosa, com definição de estratégias a serem adotadas, revelando-se como um dos líderes do grupo criminoso”. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »