18/10/2021 às 18h48min - Atualizada em 18/10/2021 às 18h48min

Windows 11: Microsoft recomenda Intel Evo e esquece AMD Advantage

AB NOTICIAS NEWS
Tecmundo
Divulgação

Na última semana, a Microsoft afirmou que comprar "um novo computador" é uma das melhores formas de experimentar o Windows 11, em uma postagem em seu blog oficial. Embora desconsidere completamente a atual crise no fornecimento de semicondutores e a reclamação de seus usuários, a sugestão ainda retém sua veracidade, já que os usuários que dispõem de novos dispositivos terão uma experiência superior graças a novas tecnologias.

A Microsoft se adiantou e, para facilitar o entendimento dos usuários mais leigos, recomendou que os interessados busquem pelo selo "Intel Evo" durante a pesquisa por um novo notebook. Lançada no ano passado, a certificação da empresa homônima garante que determinados modelos possuam a maior tecnologia disponível no mercado, em todos os aspectos, desde seu processador até a tela e entradas.

Todavia, curiosamente, a Microsoft não listou o selo AMD Advantage em suas recomendações. Possuindo o mesmo objetivo que o Intel Evo, a certificação do Time Vermelho é dada aos modelos de notebook que possuem a série Ryzen 5000 e GPU Radeon RX 6000M, baseada na eficiente arquitetura RDNA 2 — além de outras tecnologias de ponta. A surpresa vem ao considerar que estes componentes são oficialmente suportados pelo Windows 11, mesmo com sua restrita lista de requerimentos.

Apresentação do AMD Advantage, um selo de qualidade garantido a notebooks com tecnologia de ponta. (Fonte: AMD via Neowin / Reprodução)

Apresentação do AMD Advantage, um selo de qualidade garantido a notebooks com tecnologia de ponta. (Fonte: AMD via Neowin / Reprodução)

Conforme sugere o site Neowin, a decisão da Microsoft pode ter sido realizada visando evitar conflitos com a gigante Nvidia, já que o selo AMD Advantage ressalta os benefícios das GPUs "vermelhas", sua principal concorrência. Similarmente, a baixa disponibilidade de notebooks com a certificação da AMD também pode ter influenciado no caso, apesar de seu respeitável desempenho.

No entanto, a situação pode mudar com a vindoura chegada das placas de vídeo da Intel. Resta aguardar o posicionamento da Microsoft sobre o caso.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »