14/10/2021 às 10h03min - Atualizada em 14/10/2021 às 13h21min

Cresce a procura por veículos elétricos no Brasil

Consórcio é opção para a aquisição do bem

DINO


A presença de carros híbridos e elétricos nas ruas do Brasil têm se tornado cada vez mais frequente. De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), em setembro deste ano as vendas atingiram um crescimento de 30%, quando comparado com o mesmo período de 2020. Segundo especialistas, algumas das vantagens desses modelos de automóveis são: baixo custo de abastecimento, chegando a ser até quatro vezes mais barato que o de um veículo a combustão; menor manutenção; maior eficiência do motor, sem emissão de ruídos; e a sustentabilidade.

Ainda é alto o investimento em um carro elétrico ou híbrido e uma forma econômica e segura de se realizar essa aquisição é por meio de um consórcio de veículos. "Os interessados podem escolher entre diversos valores de carta de crédito, de acordo com o seu poder de compra, permitindo adquirir o automóvel de forma organizada", comenta José Climério Silva Souza, Diretor-Executivo do Consórcio Nacional Bancorbrás.

O consórcio dispõe de diversos grupos e planos de pagamento que atendem às necessidades de cada cliente, possibilitando ao consorciado se programar financeiramente para comprar o desejado automóvel novo ou usado, realizar aquela viagem dos sonhos ou adquirir um imóvel próprio, tudo isso sem pagar juros e sem comprometer o orçamento familiar ou da empresa. Segundo José Climério, uma forma de acelerar a contemplação e antecipar a realização do sonho, é ofertar lances livres e fixos, podendo embutir parte do valor do lance utilizando a própria carta de crédito. "Além do lance, os clientes têm a possibilidade de contemplação por meio de sorteios mensais", finaliza.

Dados do mercado
Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), o setor apresentou alta de 26,2% na venda de novas cotas entre os meses de janeiro e agosto, em comparação com o mesmo período de 2020. A modalidade de veículos também registrou crescimento de 21,9% nos últimos oito meses do ano.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »