13/10/2021 às 17h10min - Atualizada em 13/10/2021 às 17h51min

Dassault Systèmes anuncia nova colaboração em seu programa “Design for Life”

Aurora, uma instalação sustentável projetada pelo renomado arquiteto Arthur Mamou-Mani em parceria com a Dassault Systèmes, será exibida no átrio do Museu de Design de Londres

SALA DA NOTÍCIA Dassault Systèmes
Dassault Systèmes
A Dassault Systèmes anuncia mais uma novidade de seu programa “Design for Life” (Design para a vida) de colaboração com designers inovadores: Aurora, por Arthur Mamou-Mani e Dassault Systèmes. Aurora é uma manifestação interativa do poder de unir design, ciência e indústria para imaginar e criar, de forma colaborativa, inovações sustentáveis ​​que harmonizam produtos, natureza e vida.

A instalação será exibida em Londres durante as semanas de abertura da exposição Era do Desperdício, do Museu do Design, que acontece a partir de 23 de outubro de 2021, coincidindo com a 26ª Conferência das Partes sobre Mudança Climática das Nações Unidas em Glasgow (COP26), e durante os dias 21 e 22 de outubro ficará disponível de forma virtual para que o público brasileiro possa passar pela experiência de ver a obra e cenários do projeto em 3D. Para conhecer a instalação, basta clicar em: https://www.3ds.com/design/design-age-experience

A colaboração foi iniciada há dois anos como um projeto de pesquisa experimental para a utilização do pensamento upstream - uma abordagem de design e de processos que torna a renovaçãoum requisito dos projetos - e o software da DassaultSystèmes para demonstrar os princípios de inovação circular. O resultado da pesquisa é Aurora, uma instalação experiencial feita de módulos que podem ser triturados, derretidos e reformados, em um processo contínuo de reinvenção e renascimento.

Desde a seleção de materiais até o design e a fabricação, Aurora sinaliza o fim da era do “pegar-fazer-desperdiçar” e anuncia o alvorecer dos ambientes concebidos para revitalização com uma abordagem inclusiva e que une conhecimento e know-how de múltiplas disciplinas. Seguindo uma análise de nível molecular de diferentes materiais, o bioplástico Ácido Polilático (PLA)  foi selecionado nesse projeto. A equipe utilizou a plataforma 3DEXPERIENCE da Dassault Systèmes em Nuvem para colaborar e criar uma experiência de Gêmeos Virtuais (Virtual Twins) de sua obra de arte em um espaço virtual que replica com precisão o átrio do Museu de Design de Londres.

“O objetivo dessa colaboração é realizar a instalação por meio de um processo holístico, integrativo e exploratório”, diz Anne Asensio, Vice-Presidente da Experiência em Design da Dassault Systèmes. “Ao questionar todos os aspectos de sua produção e ciclo de vida, desde uma avaliação detalhada do impacto ambiental dos materiais até as possibilidades de desmontagem e reutilização, estamos levando o público para uma jornada que questiona como podemos projetar e criar os habitats do futuro”.

Com visuais fotorrealísticos de alto impacto, a equipe vivenciou a aparência da instalação nesse espaço virtual em diferentes momentos do dia, conforme a luz, as sombras e os fluxos de ar mudavam o ambiente. O time foi capaz de imaginar, experimentar, projetar, otimizar, testar, visualizar e refinar suas criações virtualmente e em paralelo avaliar a sustentabilidade de cada escolhaantes de consumir qualquer material físico.

Nesta década, para entregar uma redução de 50% nas emissões globais de CO2, especialistas em design e ciência devem convergir e colaborar para imaginar uma prática nova e unificada de modelos sustentáveis ​​para apoiar um planeta com recursos limitados. A plataforma 3DEXPERIENCE, da Dassault Systèmes, permite que eles colaborem e utilizem tecnologias, incluindo realidade virtual, modelagem 3D, simulações e design generativo, em um universo virtual que unifica suas disciplinas, facilita a compreensão por meio da linguagem universal do 3D e facilita a complexidade da tomada de decisões de sustentabilidade, desde o nível molecular até a manufatura (com reutilização de materiais no fim da vida útil) em busca de um design mais ético e sustentável.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »