13/10/2021 às 10h40min - Atualizada em 13/10/2021 às 12h20min

Smiths Detection confirma que o BioFlash detecta variantes do SARS-CoV-2 transportado pelo ar, incluindo a Delta e Delta Plus

A confirmação da detecção de outras variantes emergentes ainda está em andamento

DINO


Smiths Detection, líder mundial em tecnologias de controle e detecção de ameaças, confirmou hoje que o coletor de amostras BioFlash®, pode detectar variantes do SARS-CoV-2, entre as quais a variante Alpha (B.1.1.7), variante Beta (B.1.351), variante Gamma (P.1), variante Kappa (B1.617.1), variante Delta (B.1.617.2) e variante Delta Plus (B.1.617.2.1). A empresa está confirmando a capacidade de detectar a variante Lambda, com resultados provavelmente disponíveis neste trimestre.

Em janeiro, a Smiths Detection já tinha anunciado que o BioFlash era capaz de detectar o SARS-CoV-2 transportado pelo ar pelo Instituto de Pesquisa Médica do Exército dos Estados Unidos para Doenças Infecciosas (USAMRIID) e foi usado com sucesso por várias universidades para impedir a disseminação da COVID-19 após a detecção transportada pelo ar em vários edifícios do campus.

“Foi um grande trunfo ter este equipamento na UMBC. Como todo mundo sabe, é preciso de uma estratégia de proteção em camadas para combater a COVID. O BioFlash é fácil e rápido de usar, o que o torna uma parte crucial de nossa estratégia de mitigação para ajudar a prevenir a transmissão”, disse Mike Pound, diretor de Saúde e Segurança Ambiental da Universidade de Maryland, Condado de Baltimore (UMBC) nos EUA.

“As variantes emergentes são uma ameaçaàrecuperação da pandemia. No entanto, as estratégias de mitigação que utilizam o BioFlash terão uma vantagem. O BioFlash funciona coletando aerossóis e identifica a presença de patógenos perigosos a partir da detecção sensível, específica e rápida em tempo quase real, sem análise de laboratório. O BioFlash não só pode detectar a COVID-19 e suas variantes, como também pode ser usado por qualquer pessoa, fornecendo resultados imediatos, em minutos, em vez de dias, o que ajuda a impedir a disseminação da COVID-19 e de outros patógenos transportados pelo ar”, explicou Warren Mino, diretor administrativo da Smiths Detection.

FIM

Sobre a Smiths Detection

A Smiths Detection, parte do Smiths Group, é líder mundial em tecnologias de detecção e triagem de ameaças para os mercados de aviação, portos e fronteiras, defesa e segurança urbana. Nossa experiência e história ao longo de mais de 40 anos na linha de frente nos permite oferecer as soluções necessárias para proteger a sociedade de ameaças e passagens ilegais de explosivos, armas proibidas, contrabando, produtos químicos tóxicos e narcóticos.

Nosso objetivo é simples - oferecer segurança, paz de espírito e liberdade de movimento dos quais o mundo depende.

Para mais informações, acesse http://www.smithsdetection.com/

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Assessoria de Imprensa:

FTI Consulting:

Tom Hufton, sc.smithsdetection@fticonsulting.com, +44 (0)20 3727 1000

Smiths Detection:

Sophie Mills, gerente de Comunicações Globais, sophie.mills@smithsdetection.com, + 44 (0)7384236474

Dana Knox-Gower, diretora de Marketing e Comunicações – América, dana.gower@smiths-detection.com. +1 (203) 482 6752


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »