11/10/2021 às 09h21min - Atualizada em 11/10/2021 às 20h20min

Pernambucana bolsista nos EUA se destaca no MIT, uma das melhores universidades do mundo

Mayara Felix fez parte do programa Oportunidades Acadêmicas, com inscrições abertas e gratuitas para Mestrado e Doutorado até o dia 31 de outubro

SALA DA NOTÍCIA Hanna Melo
Joshua Angrist, vencedor do prêmio Nobel de Economia, em 2021, e a brasileira Mayara Felix/ Arquivo Pessoal
A brasileira Mayara Felix, de Jardim Fragoso, Olinda, agora faz parte do grupo seleto de Doutores em Economia da Universidade de Massachusetts Institute of Technology (MIT), a número 1 no mundo para PhDs em Economia.  Mayara estava entre as 6 mulheres de uma turma de 22 alunos e ganhou destaque entre professores  vencedores do Prêmio Nobel de Economia como Joshua Angristr, em 2021 , Esther Duflo e Abhijit Banerjee, em 2019. Agora, a pernambucana é pesquisadora no Pós-Doutorado em Harvard. Ela perdeu o pai cedo e foi criada pela mãe, que lutou para manter a filha nos estudos. Apesar das adversidades, para alcançar seus objetivos, Mayara fez um percurso obstinado e com dedicação, sempre estando entre os melhores da escola e usando a sorte para agarrar todas as oportunidades. 

“A primeira dica que eu deixo para quem quer pleitear uma bolsa de estudos nos EUA é: invista no inglês. A segunda é: não subestime a sorte, porque as oportunidades podem vir, mas você precisa estar preparado para elas. Essa mensagem é muito importante para pessoas de minorias. Eu venho de uma realidade extremamente difícil sob o olhar de muita gente, não tinha nem dinheiro para a minha mala de viagem. Precisei fazer um sacrifício enorme para chegar onde estou,” diz Mayara.

Mesmo reconhecendo seu esforço, ela lembra a importância de contar com a ajuda de programas educacionais focados em estudantes da periferia, e especialmente pessoas negras ou indígenas, para democratizar as possibilidades:

“Hoje, tenho convicção de que, uma das razões que te afasta das chances de alcançar algo, é o teor racial. Imagino que muitas das oportunidades se abriram pra mim, que sou de pele clara, infelizmente não chegam a pessoas de grupos historicamente excluídos, como negros e indígenas. Se você já luta muito, mas dia após dia nada aparece para você, a culpa não é sua, não se deixe abalar. Levar oportunidades à periferia, e especialmente a seus habitantes de grupos raciais historicamente excluídos. Essa é a maior importância que eu vejo em programas como o Oportunidades Acadêmicas,” ela lembra. 

Ela faz parte dos alunos participantes em uma das edições anteriores do programa Oportunidades Acadêmicas, uma iniciativa desenvolvida há 15 anos pelo EducationUSA, o network do Departamento de Estado Norte-Americano e da Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil. O programa vem custeando todas as despesas relacionadas a candidaturas de alunos da Graduação ou Mestrado e Doutorado, com desempenho acadêmico acima da média, mas com recursos financeiros limitados para cobrir os custos no processo de candidatura em universidades norte-americanas.  A nova seletiva para interessados em se candidatar para Mestrado e Doutorado nos Estados Unidos tem a colaboração da Comissão Fulbright e Fundação Lemann e está com inscrições abertas e gratuitas para Mestrado e Doutorado até o dia 31 de outubro: bit.ly/OPPGrad2021 

O primeiro passo para a candidatura 

As inscrições do Oportunidades Acadêmicas são feitas pelo site www.educationusa.org.br, preenchendo um formulário online em inglês, que inclui redações em inglês, e enviar documentos acadêmicos como histórico escolar, além de comprovantes financeiros da renda familiar. Uma vez selecionados, os participantes terão toda orientação da rede do EducationUSA por mais de um ano e terão todas as despesas da candidatura para universidades norte-americanas pagas pelo programa, como por exemplo material de estudo para testes, acomodação para a realização das provas, alimentação, além de isenção de várias taxas referentes ao envio de documentos de aplicação, tradução de documentos acadêmicos e provas, visto de estudante e passagens aéreas. 
 
O Perfil do Candidato para participar do Programa Oportunidades Acadêmicas 

É necessário ter domínio intermediário/avançado da língua inglesa e um ótimo desempenho acadêmico. Além disso, atividades extracurriculares, como estar envolvido em projetos de pesquisa ou estágios acadêmicos e atuar em atividades de impacto social são valorizadas na análise do perfil. O objetivo é fazer com que os participantes do programa consigam admissão para Graduação, Mestrado ou Doutorado em universidades nos Estados Unidos com bolsas de estudo integrais.  
 
 
SERVIÇO 
Programa Oportunidades Acadêmicas
O que oferece: Orientação em todas as etapas do processo de candidatura às universidades americanas, além de cobrir todos os custos do processo: tradução de documentos, materiais de estudo, taxa de provas, deslocamentos quando necessários,  etc. 
Quem pode participar: Alunos com recursos financeiros limitados, nível intermediário/avançado de inglês

MESTRADO E DOUTORADO
Quando: inscrições até o dia 31 de outubro
Inscrições gratuitas: bit.ly/OPPGrad2021 

GRADUAÇÃO
Registre seu interesse: https://tinyurl.com/opp2022
Mais informações: https://www.educationusa.org.br

Sobre o EducationUSA: O EducationUSA é a rede oficial do Departamento de Estado para informações sobre estudos nos EUA e possui uma rede global de mais de 400 centros de orientação. O EducationUSA tem 42 escritórios em diversas partes do Brasil, incluindo os “American Spaces – Centros Binacionais”, universidades e organizações sem fins lucrativos. A missão da rede é facilitar o acesso gratuito às informações sobre oportunidades de estudos nos EUA. Mais informações sobre EducationUSA no Brasil aqui: https://www.educationusa.org.br

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »