11/10/2021 às 17h03min - Atualizada em 11/10/2021 às 17h03min

Vídeo: Uma semana após pedir trégua, Ciro volta a criticar Lula

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira, 11, ex-ministro lembra que o Brasil "mudou muito", que Lula "não renovou as ideias" do passado e que está se juntando com os mesmo de sempre

AB NOTICIAS NEWS
O Povo
Reprodução

Uma semana após pedir trégua entre a oposição, o ex-ministro e pré-candidato à presidente Ciro Gomes (PDT) voltou a criticar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas redes sociais. Em vídeo divulgado nesta segunda-feira, 11, Ciro afirma que o petista está refazendo alianças com “os mesmos de sempre” e pede que a população reflita mais profundamente.

“Será que Lula tem condições de governar bem hoje em dia? Digo isso porque ele não renovou as suas ideias nem aprendeu com os seus erros. É só ver que ele está se juntando com os mesmos de sempre, incluindo aqueles que derrubaram Dilma”, escreveu nas redes sociais.

No vídeo Ciro pede que o povo lembre que o Brasil “mudou muito” e que Lula “não renovou as ideias” do passado. “Será que ele se corrigiu e não vai repetir aqueles erros terríveis que você só descobriu depois? O pior é que você nunca viu ele pedir perdão pelos erros e está vendo ele se juntar às mesmas pessoas”, reforçou.

No início deste mês, o pedetista havia proposto uma "trégua de Natal" entre opositores do governo Bolsonaro após ser alvo de críticas durante protestos contra o presidente.

Na ocasião em que pediu a trégua Ciro disse: "Não tem nas guerras por aí afora, onde se faz até dois dias de trégua? Quando o assunto for Bolsonaro e impeachment, a gente deve esquecer tudo e convergir para esse raríssimo consenso, que já não é fácil", pontuou.

Pesquisa eleitoral Datafolha divulgada no último dia 17 de setembro mostrou Lula na liderança da corrida presidencial de 2022. Segundo o levantamento, o ex-presidente contava com intenções de voto entre 42 e 46% no primeiro turno, seguido pelo atual mandatário, Jair Bolsonaro (sem partido), com preferência entre 25 e 26% e por Ciro Gomes (9%).

Na semana passada, Lula esteve com líderes do MDB, dentre eles o ex-presidente do Senado Eunício Oliveira, em Brasília. O petista também viajou pelo Nordeste em busca de alianças para 2022.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »