24/09/2021 às 09h32min - Atualizada em 24/09/2021 às 21h20min

Rachel Maia impulsiona 50 mulheres negras para posições de liderança em seu programa de mentoria

Na mentoria gratuita “Meu caminho até a cadeira número um”, a executiva reuniu grandes nomes do mercado para auxiliar mentoradas

SALA DA NOTÍCIA Marina Sá
Claudio Gatti

Primeira mulher negra a ocupar o cargo de CEO em uma grande empresa no Brasil, a executiva Rachel Maia lançou, no último mês, um programa de mentoria gratuito para alavancar a carreira de mulheres negras para posições de liderança no ambiente corporativo, o “Meu caminho até a cadeira número 1''. A princípio, o programa iria selecionar 40 jovens, mas as mais de 3 mil inscrições fizeram com que Rachel e a equipe da RM Consulting, sua empresa de consultoria responsável pelo programa, aumentassem o número de vagas para 50.

O primeiro encontro da mentoria foi marcado por histórias surpreendentes, falas potentes e choros emocionados. A cada uma das mulheres que se apresentava, um talento era evidenciado. Diferentes idades, cursos de formação e trajetórias, “Meu caminho até a cadeira número um” reuniu trainees, analistas e supervisoras de diversos estados brasileiros - e até mesmo do exterior, com uma aluna mestranda na área da Educação em Madrid. Engenheiras, administradoras, pedagogas, psicólogas, mães, esposas e filhas. Algumas mudando de carreira, outras buscando recolocação profissional, mas todas com um objetivo em comum: alcançar a tão sonhada cadeira número um, rumo à liderança.

“Anseio colocar muito mais diversidade, em especial pessoas negras, na liderança. E para isso, preciso de mulheres negras mais próximas a mim, porque a questão de gênero somada à racial, é a mais complexa. Se nós não trabalharmos e olharmos de forma equitativa, não colocarmos esse projeto de equidade para todas as potenciais lideranças, vamos ficar só no discurso. E isso não é meu perfil. Temos que nos manter juntas e unidas para dar um recado claro para a sociedade: nós não precisamos que nos deem valor, porque nós já temos. Precisamos que nos deem oportunidade, o resto a gente corre atrás. Estamos fazendo o nosso melhor para subir degraus e somos nós quem definimos a nossa cadeira número um”, diz Rachel Maia em discurso de boas vindas às selecionadas.

Além das aulas, treinamentos e cursos com Rachel Maia, as selecionadas receberão mentoria individual de diversos executivos e empresários que se propuseram a participar do projeto voluntariamente. Entre eles, Adriana Barbosa, fundadora da Feira Preta, Paula Mageste, vice-presidente da editora Globo, Daniela Ota, CEO da Dior, Edvaldo Vieira, CEO da Amil, Paula Bellizia, vice-presidente do Google, e Maren Lau, vice-presidente do Facebook.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »