30/08/2021 às 16h40min - Atualizada em 30/08/2021 às 20h41min

Desenvolvedores são os profissionais mais buscados em tecnologia, mostra estudo da Revelo

Levantamento ainda traz as questões de desigualdade de gênero no segmento

SALA DA NOTÍCIA Victoria Bernardes
www.revelo.com.br
Divulgação Revelo
O setor de tecnologia já contratou mais de 96% do total de 2019 apenas no primeiro semestre deste ano. E a profissão mais buscada na plataforma em 2020, segundo pesquisa realizada com 27 mil especialistas da área, foi a de Desenvolvedor. Os dados são da Revelo, startup líder em recrutamento na área para a América Latina.

Os Desenvolvedores são os responsáveis por criar softwares, websites, programas, sistemas, redes sociais, aplicativos - praticamente todas as ferramentas digitais que utilizamos no dia a dia. As especialidades mais comuns destes profissionais são 24,4% em back-end (bastidores dos sistemas), 16,5% em front-end (elementos visíveis aos usuários) e 26,7% em full-stack (ambas funções). Business Intelligence, Data Scientist, Infraestrutura, Mobile, DevOps, são alguns dos outros segmentos de atividade.

Outro dado importante é que 62% dessas pessoas possuem superior completo em Tecnologia, Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento, Engenharia e Ciência da Computação. Além disso, os cinco principais conhecimentos mais buscados para estes perfis são em Java, React.JS, Javascript, SQL e Node.JS.

“Ter noções de inglês também conta como facilitador para as contratações, já que as ferramentas de atuação dos profissionais sempre esbarram na língua”, reforça a Diretora de Marketing e Experiência do Candidato da Revelo, Juliana Carneiro.

Desigualdade de Gênero

O Brasil ocupou a 92ª posição do ranking do Fórum Econômico Mundial de 2019, que mediu a igualdade entre homens e mulheres em 153 países. E esse cenário não é diferente no recorte da tecnologia. Durante a pesquisa, a Revelo identificou que apenas 20% das pessoas desenvolvedoras declaram-se do gênero feminino. E apenas 9,2% das mulheres têm carreira longa, com mais de 7 anos de atuação.

A desigualdade é expressa também na remuneração dos Desenvolvedores. Enquanto a média está entre R$ 6,4 e R$ 9,7 mil, apenas  30,5% das profissionais recebem salários nesta faixa.

Em relação ao ramo de atividade, a maior representatividade feminina dá-se nas especialidades de Product Owner e Business Intelligence, enquanto para Full-stack, Infraestrutura e Back-end, a proporção é de 10 homens para cada mulher.

A Revelo possui um programa de capacitação de profissionais, o Revelo Up, para quem deseja se especializar em qualquer área da tecnologia, inclusive como Desenvolvedor. São mais de 250 cursos nas maiores escolas do país, como Iron Hack, Tera, Mergo, Impacta, entre outras, cujo pagamento é só após a formação.

Os profissionais que usam a plataforma da Revelo participam de seleções de empresas no Brasil, Estados Unidos e Europa, e há processos que são virtuais desde o convite de entrevista até a contratação.

Sobre a Revelo

A Revelo, maior empresa de tecnologia do setor de Recursos Humanos da América Latina, oferece uma plataforma completa para atrair, buscar, recrutar e selecionar pessoas. Além disso, também conta com oportunidades de emprego e de estágio para pessoas com deficiência (PCD) de todo o país. Em 2019, recebeu mais de R$ 105 milhões em rodadas de investimento e se tornou a empresa mais investida do setor. Atende clientes como a B2W Digital, Mercado Livre e Vivo. A marca é considerada uma das mais inovadoras do País, de acordo com a Startups To Watch – escolhida pela Fischer Ventures, listada na Forbes como uma das principais startups brasileiras para ficar de olho.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »