23/08/2021 às 15h32min - Atualizada em 26/08/2021 às 18h20min

Estilo, sustentabilidade e decoração: como as lavanderias passaram a ser foco em projetos de decoração

Cada vez mais versáteis e funcionais, as lavanderias domésticas ganham ares de modernidade e sustentabilidade com projetos que as transformam em ambientes que acompanham a decoração da casa. A indústria, atenta a esse movimento, passou a olhar com outros olhos não só o desempenho, mas o design de seus equipamentos.

DINO
https://speedqueen.com/br/
Lavanderias ganham novos ares


Foi-se o tempo em que lavanderia era aquele espaço na casa que ninguém frequentava, era quase esquecido e sempre bagunçado. Hoje as lavanderias ganharam ares modernos, criativos e já fazem parte da decoração da casa, em plantas de projetos que deixam inclusive a área aberta e integrada à cozinha muitas vezes. E se antes economia era a palavra de ordem para esse espaço, hoje os clientes buscam por performance, sofisticação e sustentabilidade. Arquitetos e decoradores atentos à mudança deste cenário, passaram a dar atenção especial a esse ambiente e projetar lavanderias com personalidade e cheias de estilo.

Essa mudança de pensamento do consumidor fez com que toda cadeia do mercado de lavanderias pensasse não só em seus modelos de negócios mas principalmente no design e na performance de seus equipamentos. Pesquisas informais conduzidas por diversos pontos de venda, como lojas especializadas em projetos de decoração, concluíram que um dos itens de maior preocupação do consumidor no que diz respeito a eletrodomésticos são os equipamentos da lavanderia: máquina de lavar, de secar ou a que combina as duas funções. A maior parte dessa preocupação é com relação à performance dos aparelhos, incluindo gasto energético, uso consciente da água, manutenção das peças e o mais importante, a vida útil da máquina. Em um patamar abaixo, mas ainda assim primordial, muitos clientes reclamavam do design dos modelos oferecidos, quase sempre iguais, sem diferenciação de cores e materiais. As marcas que ouviram seus consumidores - algo que todas deveriam fazer - souberam ouvir o pedido do mercado e adaptaram seus produtos a essa nova realidade.

Uma dessas marcas é Speed Queen, pertencente ao grupo Alliance Laundry Systems. "Quando se fala em lavanderia, uma das principais queixas das pessoas realmente é a recorrência de manutenção e a baixa durabilidade de máquinas disponíveis no mercado. Nossos produtos têm duração média de 25 anos ou 10.400 ciclos de lavagem", conta Anselmo Santana, Gerente Comercial da marca no Brasil.

"Nunca quisemos um produto que ficasse escondido na lavanderia, mas que desse a ela ares de modernidade e tecnologia através dos nossos produtos, mesmo em projetos mais clássicos ou clean", continua Anselmo. O resultado foi dar aos clientes a liberdade de escolha seja ela para aquisição de produtos da linha Inox ou da linha Branca, atendendo assim aos mais diferentes públicos e ajudando a sanar uma das grandes dores dos decoradores e arquitetos - combinar determinado produto a determinado projeto. Clientes que gostam de espaços com ares tecnológicos preferem o inox e muitas máquinas só tinham a opção em branco, o que limitava o trabalho do decorador. Ou então, ele entregaria design, mas renunciaria à qualidade. A escolha da Speed Queen foi produzir todos os equipamentos em duas opções: branco e inox. Liberdade para o cliente, facilidade no projeto do decorado", diz o executivo.

O desafio fica agora para decoradores e arquitetos que precisam de muita criatividade para ressignificar a (até então) esquecida lavanderia. Novos tempos, novas demandas.



Website: https://speedqueen.com/br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »