26/08/2021 às 13h51min - Atualizada em 26/08/2021 às 16h40min

Imovelweb mostra que preços dos imóveis crescem acima da inflação em Curitiba

Valor de locação e de venda cresceram 5,6% e 7%, respectivamente, em 2021

SALA DA NOTÍCIA Bruna Camilo
O Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, divulgou o relatório referente aos preços dos imóveis na capital do Paraná em julho. De acordo com o estudo, o valor médio do m² na cidade custa R$ 7.155, o que representa um crescimento de 0,9% em relação ao mês anterior, de 7% em 2021 e de 11,7% nos últimos 12 meses. O valor está acima da inflação (IPCA-15), cujo aumento foi de 0,8% em julho em relação a junho, 4,1% em 2021 e 8,1% em um ano.

O relatório de preços do Imovelweb mostra que os bairros que mais se valorizaram em um ano em Curitiba foram Parolin (R$ 4.754/m², +17,5%), Pilarzinho (R$ 7.108/m², +18,0%) e Taboo (R$ 4.772/m², 19,8%). Já os locais onde comprar um imóvel ficou mais barato foram Novo Mundo (R$ 5.409/m², -11,5%), Capão Raso (R$ 5.267//m², -10,6%) e Guara (R$ 4.901/m², -8,7%).

Aluguel: Alta de 1,2% no mês

O relatório também mostra que o preço médio do aluguel de um imóvel padrão (65 m², dois quartos e vaga na garagem) em Curitiba é R$ 1.458/mês. Isso configura um incremento de 1,2% em relação a junho, de 5,6% em 2021 e de 10% em 12 meses. Assim como o preço de venda, o aluguel sobe acima da inflação em Curitiba.

Algumas regiões, no entanto, registraram um aumento ainda maior em um mês. É o caso de Santa Felicidade, que teve um incremento de 4,3% nos preços de locação mensal em julho. Por outro lado, Cajuru registrou uma queda de -1,1% nos preços de locação.

Em 12 meses, os bairros onde o preço do aluguel mais subiu em Curitiba foram Hugo Lange (R$ 2.104/mês, +18,8%), Uberaba (R$ 1.248/mês, +19,3%) e Capão Raso   (R$ 1.243/mês, +19,8%). Já os bairros onde o preço mais diminuiu foram Parolin (R$ 1.000/mês, -15,4%), Capão Da Imbuia (R$ 1.215/mês, -15,4%) e Pilarzinho (R$ 1.219/mês, -9,9%).

Rentabilidade

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. No relatório de julho, o índice caiu para 4,13% bruto anual. Dessa forma, são necessários 24,2 anos de aluguel para obter o valor investido no imóvel, 2,9% a mais que há um ano.

Sobre o Imovelweb:

Com 22 anos de existência, o Imovelweb é um dos maiores portais do mercado imobiliário do Brasil. Referência em Real Estate, com cerca de 170 colaboradores no Brasil, é uma multinacional sólida, de capilaridade nacional e com a maior capacidade de investimento do mercado em plataforma digital. O Imovelweb se destaca em seu mercado por representar o consumidor em todas as suas necessidades e momentos de vida, oferecendo as melhores oportunidades de negócios do setor imobiliário no Brasil. Mais informações em www.imovelweb.com.br.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »