26/08/2021 às 15h36min - Atualizada em 26/08/2021 às 15h36min

Vacina baiana passa por estudos clínicos

Os estudos vão acontecer no Hospital da Bahia, em Salvador

AB NOTICIAS NEWS
TRIBUNA DA BAHIA
Fábio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O Governo Federal anunciou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização de ensaio clínico no Brasil com mais uma vacina candidata contra Covid-19. A autorização foi anunciada nesta quinta-feira (26).

O imunizante da vez é baiano, é da RNA MCTI CIMATEC HDT, do laboratório estadunidense HDT Bio Corp, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Cimatec), da Bahia, e a empresa Gennova Biopharmaceuticals Ltd. (Índia). Os estudos vão acontecer no Hospital da Bahia, em Salvador. 

A vacina é baseada na tecnologia de RNA replicon (repRNA) auto amplificante (capaz de codificar a proteína Spike (S) do novo coronavírus). O desenvolvimento pré-clínico e clínico da vacina faz parte de um plano global que está sendo realizado em três países: Estados Unidos, Brasil e Índia.

Sobre a vacina

A vacina será avaliada em um cronograma de dose única e duas doses com intervalos diferentes. O primeiro grupo receberá duas doses com intervalo de 29 dias. Já o segundo grupo receberá duas doses com intervalo de 57 dias. O terceiro grupo de voluntários receberá uma dose única da vacina. Serão avaliados três níveis de dose no ensaio clínico aprovado. 

O protocolo do estudo ainda prevê a participação de 90 adultos saudáveis, compostos por participantes do sexo feminino e masculino, com idades entre 18 e 55 anos. No Brasil, o ensaio clínico será realizado somente no Hospital da Bahia, em Salvador.   


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »