25/08/2021 às 17h08min - Atualizada em 25/08/2021 às 19h10min

Projeto de irrigação deve gerar 15 mil empregos em Bom Despacho (MG)

Investimentos de aproximadamente R$ 60 milhões serão custeados por uma associação de irrigantes formada por produtores rurais da região do Alto São Francisco em Minas Gerais

SALA DA NOTÍCIA Interface Comunicação
Projeto de irrigação - Fer Augusto
No dia 28 de agosto, será apresentado, em Bom Despacho, região centro-oeste de Minas Gerais, um projeto de irrigação a partir da derivação de água do rio São Francisco para o rio Picão. Pelas projeções dos especialistas, a iniciativa deverá gerar de 10 mil a 15 mil empregos diretos, além de aumento da produção de grãos e economia de frete para indústrias e produtores que hoje buscam grãos em outras regiões.
 
Essa derivação vai permitir a irrigação de 15 mil hectares de plantação de grãos para abastecer o polo aviário e suinocultor da região de Pará de Minas, que demanda 600 mil toneladas por ano, hoje provenientes do Triângulo Mineiro, Mato Grosso e Goiás. A proximidade com o polo consumidor vai tirar das estradas mineiras cerca de 12 mil caminhões por ano, permitindo economia de combustível, redução de custo da produção e preço ao consumidor final e aumento da segurança nas vias, com redução de acidentes.
 
A obra de execução do projeto –construção do canal, instalação de bombas, construção do aterro do lago na comunidade do Garça e desassoreamento de parte do peito do Picão para comportar o aumento do volume de água – está estimada em R$ 60 milhões, com prazo de conclusão estimado em seis meses. A proposta é criar uma associação de irrigantes, formada por produtores rurais que vão cultivar lavouras irrigadas de grãos. Essa associação ficará encarregada de custear a implantação do projeto com recursos próprios e financiamentos de longo prazo por meio de fundos de investimento. A previsão é de que, neste mês, seja publicado o termo de referência para contratar o projeto executivo da obra, que tem custo aproximado de R$ 1,4 milhão e será bancado pelo Sebrae.
 
O desvio de água do São Francisco jogará 5m3 por segundo no rio Picão para irrigar lavouras. Além disso, 0,8m3 por segundo será destinado para reforçar o abastecimento de água da população de Bom Despacho. No ponto de desvio, a vazão média do rio São Francisco é de 500m3 por segundo, ou seja, o volume de água a ser retirado do São Francisco corresponde a menos de 1,2% da sua vazão média. “O projeto trará inúmeras melhorias para a população de toda a região do Alto São Francisco, principalmente benefícios ambientais e produtivos”, ressalta o prefeito de Bom Despacho, Bertolino da Costa Neto.
 
 
AGENDA
Lançamento do projeto de derivação do rio São Francisco para irrigação
Data e horário: 28 de agosto, às 9h
Local: Sede administrativa da prefeitura de Bom Despacho (Avenida Maria da Conceição Del Duca, 150, Bairro Jaraguá, antigo Sesc )


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »