21/07/2021 às 11h11min - Atualizada em 21/07/2021 às 11h11min

Sindicato dos Jornalistas da Bahia cobram vacinação da Prefeitura

Listagens com nomes de profissionais da imprensa estão sendo enviadas para gestores de municípios baianos

AB NOTICIAS NEWS
TRIBUNA DA BAHIA
Reprodução

O Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) enviou nesta terça (20), à Prefeitura de Salvador, uma listagem com 515 nomes de  profissionais da imprensa com idades que entre 20 e 37 anos que integram um cadastro feito pela entidade para vacinação contra a Covid-19. Além dos 515 nomes enviados à Prefeitura de Salvador, outros 351 com idades entre 18 e 39 anos, do interior, também foram enviados aos gestores dos respectivos municípios.

O sindicato cobra a imunização por parte do município baseado em outras cidades baianas como Lauro de Freitas, Itabuna, Ilhéus, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Serrinha e Senhor do Bonfim.

Baseando-se nas decisões do Tribunal de Justiça e da Supremo Tribunal Federal (STF), que deram autonomia de estados e municípios para as gestões locais da pandemia, o  o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, afirma que só não vacinam os jornalistas as prefeituras que não quiserem. “No Brasil inteiro e na Bahia os profissionais de imprensa vêm sendo imunizados sem limitação de idade e peço ao prefeito Bruno Reis e ao secretário Leo Prates sensibilidade, para que Salvador não fique no final da fila”, reivindicou.

Moacy Neves se refere às decisões do TJ-BA, de 27 de maio e do STF, de 1º de julho, negando pedidos do Ministério Público Estadual (MPE) para suspender a decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), tomada em 18/05/2021, que incluiu os jornalistas e radialistas no rol das categorias a serem imunizadas prioritariamente.

Levantamento feito pelo Sinjorba mostra que desde o início da pandemia já morreram 31 profissionais de imprensa na Bahia, vítimas da Covid-19, além disso, os mesmos registros apontam 454 casos da doença. Segundo a entidade, o nível de adoecimento da categoria é o dobro do observado na população em geral.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »