28/06/2019 às 10h18min - Atualizada em 28/06/2019 às 11h12min

Mercado em alta para harmonização de imagem

A era da tecnologia e a digitalização do mundo criaram novos contextos das relações profissionais. Muito se fala, nos últimos anos, sobre o possível ‘desaparecimento’ de alguns cargos e ocupações. No contraponto, a adaptação ao efervescente mercado cria e valoriza profissões que têm no foco uma realidade mais digital. Como é o caso do cabeleireiro visagista.

DINO
http://www.cursosrobsontrindade.com.br
A importância do saber e a utilização destes recursos


A era da tecnologia e a digitalização do mundo criaram novos contextos para as relações profissionais. A adaptação a um latente mercado mais digital criou e valorizou profissões que têm no foco o trabalho com a imagem. Nesta realidade, o cabeleireiro visagista vem se destacando por obter profundo conhecimento técnico e científico sobre como tornar uma aparência harmoniosa.

De acordo com Robson Trindade, pioneiro no Visagismo Acadêmico no Brasil, o cabeleireiro visagista é o profissional mais indicado para a construção de uma imagem.

“Ele é capacitado para harmonizar uma imagem da cabeça aos pés. Desde o corte de cabelo, a melhor maquiagem, o formato mais indicado para as sobrancelhas e a escolha correta dos óculos. É uma leitura ampla para oferecer a possibilidade de chegar no objetivo da imagem ideal”.

Segundo professor Robson Trindade, que já atua neste mercado há mais de 15 anos, ainda existem dúvidas sobre a diferença entre um cabeleireiro e um cabeleireiro visagista. “São trabalhos muito diferentes. O cabeleireiro tem um olhar mais intuitivo,  conservador e com menos informações. Já o Cabeleireiro Visagista consegue ter um olhar mais global para o ser humano. Logo, atinge um resultado mais direcionado”, afirma.

Cabeleireiro X Cabeleireiro Visagista

De acordo com Trindade, que desponta como um dos profissionais mais experientes e renomados no visagismo no Brasil, a mudança ‘radical’ na aparência exige um conhecimento técnico e científico bem embasado para que seja executado com segurança e traga resultados satisfatórios para profissional e cliente.

“O cabeleireiro se preocupa com o fato de uma cliente fazer uma mudança significativa e se não se habituar, por isso, muitas vezes adota um comportamento mais conservador e sugere um caminho mais lento, com cortes menos impactantes para evitar qualquer tipo de insatisfação”, pontua.

Para ele, sempre que alguém busca uma mudança radical no visual, é preciso fazer diversas inflexões sobre o que a está incomodando e o porquê dela querer mudar de corte de maneira brusca. “E é aí que entram em ação os recursos e informações do cabeleireiro visagista, que possibilitam que ele compreenda verdadeiramente estes desejos e os transformem em resultado”.

“Esse profissional sabe entender detalhes dos traços pessoais e emocionais de cada indivíduo. Altura, formato do rosto, tamanho do nariz, olhos, pescoço, ombro, volume dos seios, temperatura da pele, personalidade e estilo. Tudo isso entra em pauta e as chances da satisfação do cliente são bem maiores”, garante professor e mestre tecnologias da inteligência PUC/SP TIDD, Robson Trindade.

História

O profissional visagista surgiu entre as décadas de 1920 e 1930, junto ao cinema, arte que usava esta técnica para caracterizar personagens através da imagem pessoal baseada nos conceitos de beleza buscados na época. Desse momento em diante, o Visagismo não parou de crescer.

Quase 100 anos após o nascimento da profissão, o Visagismo se popularizou. No início apenas cabeleireiros se interessavam pelo assunto, mas nos dias de hoje, esteticistas, maquiadores e outros profissionais da beleza, moda e saúde buscam profissionalização no visagismo, pois ele melhora a criatividade e o trabalho focado no cliente, a grande pedida do mundo atual: atendimento exclusivo e personalizado.

Desde 2007, Robson Trindade tem seus trabalhos voltados para o Visagismo Acadêmico no Brasil, onde já são ministrados cursos de graduação, pós-graduação, mestrado e MBA para pessoas interessadas em se tornar experts no assunto. 

“Entendo que é a educação é o único caminho viável e possível para se transformar e desenvolver uma profissão”, finaliza.

Referências de pesquisa: www.educacaovisagismoeprojetos.com.br

                                     www.birodevisagismo.com.br 

                                     www.livrosdevisagismo.com.br 



Website: http://www.cursosrobsontrindade.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »