20/05/2021 às 11h39min - Atualizada em 20/05/2021 às 11h39min

Dado Cavalcanti projeta reforços para o Bahia

Comissão Técnica já discute os caminhos do Bahia na disputa da Série A com estreia dia 29, contra o Santos

AB NOTICIAS NEWS
TRIBUNA DA BAHIA
Felipe Oliveira / EC Bahia

Milagres existem, e se existe ainda pelo menos 1% de chance, o Bahia vai jogar na quarta-feira, dia 26, contra o Montevideo City, em Salvador, no Estádio do Parque de Pituaçu, determinado a fazer a sua parte: vencer o adversário uruguaio na 6ª e última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana, e torcer pela derrota do Independiente, contra o time boliviano do Guabirá, lanterna do Grupo B sem ganhar nem um ponto, na Argentina, para que o Tricolor baiano avance para as oitavas de final da competição internacional da Conmebol.

Mas a delegação do Bahia desembarcou ontem pela manhã em Salvador, num voo fretado, desde Buenos Aires, capital da Argentina, consciente de que somente um milagre classifica o time na Copa Sul-Americana, com o técnico Dado Cavalcanti projetando para a qualificação do time na disputa da Série A do Brasileiro, que começa no sábado, dia 29 de maio, jogando contra o Santos, em casa, no Estádio do Parque de Pituaçu, consciente de que duas desclassificações consecutivas do Bahia, no Campeonato Baiano e Copa Sul-Americana, trouxe de volta um clima de insatisfação e cobrança da torcida.

“Nossa situação de temporada é dura pela quantidade de jogos, viagens, deslocamento. É natural que precise de mais jogadores à disposição, já tinha falado disso. Nós temos ainda boa perspectiva de contratações, vamos iniciar Brasileiro com grupo forte, temos margem ainda para contratações”, disse Dado Cavalcanti, sem antecipar nomes ou posições dos prováveis reforços.

Enquanto isso, o Departamento de Futebol está negociando mais um jogador do time de transição, o zagueiro Ignácio, de 24 anos, que pode ir para a Chapecoense, de Santa Catarina, que disputa a Série A do Brasileiro. A transação faz parte de um acordo entre os dois clubes, quando o Tricolor trouxe o zagueiro  Luiz Otávio, e colocou à disposição do clube catarinense uma lista de jogadores. Mas nessa relação, não constava o nome de Ignácio.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »