06/05/2021 às 20h05min - Atualizada em 09/05/2021 às 04h20min

FedEx entrega ajuda crítica para a Índia em combate à COVID-19

Milhares de concentradores e conversores de oxigênio, centenas de milhares de máscaras como parte da ajuda sendo enviada à Índia

DINO


Enquanto a Índia e seus sistemas de cuidadosàsaúde enfrentam um aumento nas infecções por COVID-19 pelo país, a FedEx Express, uma subsidiária da FedEx Corp. (NYSE: FDX) e a maior empresa de transporte expresso do mundo, está trabalhando com organizações ao redor do mundo para entregar suprimentos e equipamentos médicos críticos durante esta crise.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20210506006292/pt/

Critical medical supplies and personal protective equipment departing Santa Barbara, Calf., USA, bound for healthcare facilities in Kolkata, India via FedEx. (Photo: Business Wire)

Critical medical supplies and personal protective equipment departing Santa Barbara, Calf., USA, bound for healthcare facilities in Kolkata, India via FedEx. (Photo: Business Wire)

Critical medical supplies and personal protective equipment departing Santa Barbara, Calf., USA, bound for healthcare facilities in Kolkata, India via FedEx. (Photo: Business Wire)

A FedEx está atualmente apoiando o transporte de mais de 25.000 concentradores e conversores de oxigênio através de uma iniciativa com o Fórum de Parceria Estratégica EUA-Índia e outras empresas multinacionais. Uma remessa inicial de 1.000 concentradores de oxigênio crítico foi entregue pela FedEx em Nova Déli em 30 de abril, como parte desse coletivo.

Em 8 de maio, a FedEx doará um voo fretado em um Boeing 777F da FedEx para transportar mais de 3.400 concentradores de oxigênio, conversores e quase 265.000 máscaras KN95 para a Direct Relief, saindo de Newark, Nova Jersey, para Mumbai, Índia. Os suprimentos terão como destino final instalações de cuidadosàsaúde em Mumbai. Além disso, a FedEx está trabalhando com clientes e organizações sem fins lucrativos para entregar centenas de toneladas de suprimentos médicos e ajuda para a Índia nos próximos dias e semanas.

A FedEx também é um membro fundador da Global Task Force on Pandemic Response, uma organização de parceria público-privada organizada pela Câmara do Comércio dos EUA e apoiada pela Business Roundtable para fornecer uma plataforma unificada para que empresas se mobilizem e entreguem recursos para auxiliar nos esforços contra a COVID-19 em áreas de maior necessidade ao redor do mundo. O presidente e diretor de operações da FedEx, Raj Subramaniam, é um dos 17 líderes empresariais trabalhando no comitê de direção da força-tarefa.

“A devastadora crise humanitária na Índia requer socorro de todas as partes do mundo, e é nossa missão entregar ajuda crítica necessária para auxiliar no alívio do sofrimento”, disse Subramaniam. “Estamos nas linhas de frente entregando socorro desde o início da pandemia e atendendoàurgente situação da Índia nesse momento. A FedEx continuará a entregar medicamentos que salvam vidas, equipamentos de proteção individual e outros suprimentos críticos até que a pandemia acabe”.

A FedEx já transportou mais de 10.000 remessas de ajuda humanitária contra a COVID-19 desde janeiro de 2020. A empresa também comprometeu US$ 4 milhões em dinheiro e apoio em doação de transporte para ajudar organizações sem fins lucrativos, incluindo a Direct Relief e a International Medical Corps, a distribuir vacinas de COVID-19 para comunidades carentes ao redor do mundo.

A FedEx possui um longo histórico em transportar itens críticos pelo mundo. Desde o início da pandemia, a FedEx Express já enviou mais de 80 quilotoneladas de equipamentos de proteção individual, inclusive mais de 2,2 bilhões de máscaras, mundialmente. Uma parte integrante da cadeia de suprimentos global de vacinas, a FedEx está atualmente entregando vacinas da COVID-19, produtos relacionados e suprimentos para mais de 25 países.

“A Direct Relief não tem palavras para agradecer a assistência ampliada da FedEx, que é criticamente necessária para o povo indiano, onde crescentes casos de COVID-19 apresentam ameaças tão severasàsua saúde”, disse Thomas Tighe, presidente e diretor executivo da Direct Relief. “Como fez em tantas outras ocasiões, a devoção da FedExàsua capacidade única de logística, habilidades e energias de sua equipe global, é um perfeito exemplo do tipo de liderança e comprometimento necessários nesse momento para combater essa pandemia histórica e os riscos às pessoas em todos os lugares”.

A entrega de suprimentos que salvam vidas é consistente com o objetivo ‘FedEx Cares 50 by 50’ da empresa para impactar positivamente 50 milhões de pessoas ao redor do mundo até o 50o aniversário da empresa em 2023. Saiba mais sobre a iniciativa “Delivering for Good”, do programa FedEx Cares aqui.

Sobre a FedEx Corp.

A FedEx Corp. (NYSE: FDX) proporciona um amplo portfólio de serviços de transporte, comércio eletrônico e serviços comerciais a clientes e empresas de todo o mundo. Com receita anual de US$ 79 bilhões, a empresa oferece soluções de negócios integradas por meio de empresas que operam competindo coletivamente, operando de forma colaborativa e inovando digitalmente sob a respeitada marca FedEx. Classificada sistematicamente entre os empregadores mais admirados e confiáveis do mundo, a FedEx inspira seus mais de 570 mil colaboradores a se manterem concentrados na segurança, nos mais elevados padrões profissionais e éticos, e nas necessidades de seus clientes e comunidades. A FedEx está empenhada em conectar pessoas e possibilidades em todo o mundo de forma responsável e engenhosa, com o objetivo de alcançar operações neutras em carbono até 2040. Para saber mais, acesse about.fedex.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Jennifer Caccavo Cordeau

Relações com a mídia FedEx

901.434.8100

mediarelations@fedex.com


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »