24/06/2019 às 14h17min - Atualizada em 24/06/2019 às 14h42min

NWADV faz encontro para incrementar negócios entre Brasil e Cingapura

Evento discutiu como as relações jurídicas entre o país asiático e as nações do Mercosul devam ser tratadas para aumentar o comércio intercontinental.

DINO
http://www.nwadv.com.br


Com a intenção de apresentar o mercado de Cingapura a empresários brasileiros que querem expandir seus negócios para o Sudeste Asiático, o escritório Nelson Wilians & Advogados Associados (NWADV), com apoio da EDB - Singapore Economic Development Board, promoveu o seminário Doing Business with Singapore.

O evento foi realizado em São Paulo na matriz do NWADV, maior escritório de advocacia da América Latina. Com a participação do embaixador não residente de Cingapura, Sam Goi, e de representantes do empresariado brasileiro, discutiu como as relações jurídicas entre o país asiático e as nações do Mercosul devam ser tratadas para aumentar o comércio intercontinental.

"Essa aproximação é estratégica para que as empresas brasileiras estejam por dentro das oportunidades de negócios em Singapura e no Sudeste Asiático", afirma Marcel Daltro, sócio do NWADV.

O objetivo das tratativas com Cingapura é incrementar a agenda bilateral, para aumentar os investimentos no Brasil e abrir as portas do sudeste asiáticos para empresas brasileiras. Por isso, o encontro contou com a participação da iniciativa privada, por meio da Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP), e do setor público, com representantes da São Paulo Negócios e do Invest SP.

Atualmente, os investimentos de Cingapura no Brasil somam mais de US$ 2 bilhões em setores estratégicos, como telecomunicações, saneamento, educação e estaleiros navais. A atuação de fundos de investimento do país asiático no Brasil, como o Temasek e o GIC, reforça a agenda bilateral, tornando também possível a aplicação de recursos em setores como inovação, desenvolvimento sustentável e economia criativa.



Website: http://www.nwadv.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »