23/03/2021 às 17h46min - Atualizada em 23/03/2021 às 17h46min

Unidades do Cras mantêm funcionamento contínuo durante a pandemia

Durante esse período de pandemia, o funcionamento das unidades sofreu uma reorganização de horários, passando a atuar de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

AB Notícia News
Tribuna da Bahia
Divulgação/Sempre
Para fortalecer os vínculos familiares e comunitários, os Centros de Referência em Assistência Social (Cras), vinculados à Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), atuam através do encaminhamento e da oferta de serviços públicos e da articulação comunitária. O objetivo é, conjuntamente com as famílias atendidas, formular um plano de ação para auxiliar e recuperar indivíduos em situação de vulnerabilidade para uma vida digna em sociedade.
 
Por conta disso, desde o início da pandemia de coronavírus, o serviço funciona em horários especiais, atendendo de forma presencial nas 28 unidades físicas ou, ainda, nas ações itinerantes, em toda a capital baiana. Durante esse período de pandemia, o funcionamento das unidades sofreu uma reorganização de horários, passando a atuar de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.
 
Em 2020, com o advento da Covid-19, o serviço realizou um número grande de atendimentos, principalmente por conta da crise econômica e agravamento das demais questões sociais. No total, foram quase 130 mil atendimentos em um ano de pandemia.
 
Nestes dois meses e meio de 2021, foram 34.623 atendimentos, entre presenciais, teleatendimentos e orientações das principais demandas, incluindo benefícios eventuais como os auxílios moradia, natalidade e cesta básica, que são regulados por lei municipal. As famílias precisam ser referenciadas e assistidas pelos Cras, através do apoio de uma equipe multidisciplinar composta por assistente social, psicólogo e educadores sociais.
 
Trabalho itinerante — Esses profissionais atendem a população e encaminham as demandas. As equipes também realizam visitas domiciliares que, neste momento, têm por prioridade aquelas consideradas emergenciais, em cumprimento aos decretos sanitários e buscando garantir a segurança tanto das equipes como dos cidadãos. Foram realizadas neste período orientações para o Cadastro Único do Bolsa Família, Salvador Por Todos, acesso aos demais equipamentos e serviços municipais.
 
“Além dos atendimentos diretamente nas 28 unidades, há ainda o trabalho itinerante, atuando continuamente nas regiões que passam por medidas restritivas e de prevenção à vida. Somente em 2020, foram realizadas mais de 50 ações itinerantes, atendendo 7.112 pessoas, realizando encaminhamentos para os serviços essenciais da Prefeitura. Em 2021, já ocorreram 1.100 atendimentos a famílias em situação de vulnerabilidade social, identificando as demandas e encaminhando para o serviço devido, com cerca de 200 apoiadores em campo“, relata a diretora de Proteção Social Básica da Sempre, Emanuele Rodovalho.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp