19/09/2020 às 23h42min - Atualizada em 19/09/2020 às 23h42min

21 de setembro: Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

Conheça o trabalho da Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social (ABADS), que atua em prol de uma sociedade mais inclusiva

Ab Noticia News
Folha Universal
Fotos: Cedidas pela ABADS

No Brasil, 21 de setembro é, literalmente, uma data muito especial: Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. Apesar de ter sido oficializada apenas em 2005, a data já é comemorada, no País, desde 1982.

Apesar de o dia ter surgido há tempos como forma de garantir a integração de pessoas com algum impedimento físico, mental, intelectual ou sensorial, de maneira igual e livre de preconceitos na sociedade, na prática nem sempre 

funciona assim.

Quem faz por onde

Contudo, para ir de encontro com a realidade, preocupados com essa questão e com o objetivo de fazer a diferença na vida dessas pessoas e de seus familiares, Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social (ABADS) têm atuado amplamente em prol a uma sociedade mais acolhedora.

Segundo a presidente da ABADS, Rose Amorim, com qualidade e amor, a associação busca levar aos alunos autonomia para que eles se sintam parte da sociedade. “Um dos nossos lemas é ajudar a construir uma sociedade mais inclusiva, que é o que tem faltado”, ressaltou Rose.

Na área da educação, por exemplo, a ABADS mantém o ensino fundamental I (do 1º ao 5º ano) para crianças e jovens com Deficiência Intelectual e Transtorno do Espectro Autista (TEA) com idades entre 6 e 22 anos.

Ainda com os estudos, a todos os alunos é dada a oportunidade de participar de oficinas pedagógicas com o objetivo de enriquecimento de seus currículos, respeitando as especificidades do desenvolvimento de cada um.

Estímulo de cidadania

No local, também é oferecido a Assistência Social. Com o objetivo de estimular o exercício de cidadania da pessoa com deficiência intelectual e o transtorno do espectro autista, assim como de seus familiares, o serviço favorece a redução de riscos, vulnerabilidades sociais e, sobretudo, garante direitos por meio de ações como acolhimento, escuta qualificada, orientações e encaminhamentos.

E não apenas isso, a ABADS vai além com seus alunos, mostrando a cada um deles sobre sua importância no cenário do terceiro setor. Para isso, foi criado o projeto inovador o Emprego Apoiado – desenvolvido pela instituição desde o ano de 2006, onde centenas desses jovens já foram incluídos no Mercado de trabalho.

Atualmente, cerca de 980 famílias são atendidas por mês, com uma fila de espera de quase mil pessoas. “Trabalhamos a conscientização sobre a importância de vários meios de inclusão dessas pessoas na sociedade, motivando-as a lutar pelos seus direitos para viver em uma sociedade igualitária. Todos têm talentos”, finalizou Rose.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp