19/09/2020 às 11h30min - Atualizada em 19/09/2020 às 11h30min

Praias são liberadas, mas ambulantes continuam proibidos

Segundo Neto, as atividades que gerem aglomerações, tais como piqueniques, luaus e outros eventos, também serão proibidas~~

Ab Noticia News
Tribuna da Bahia, Salvador Por: Poliana Antunes
Romildo de Jesus / Tribuna da Bahia

Com praias fechadas a mais de seis meses em Salvador, por conta da pandemia do novo coronavírus, baianos e turistas estavam desejando sua reabertura. E nesta sexta-feira (18), o prefeito ACM Neto anunciou que a partir da próxima segunda (21), acontece a liberação de algumas delas. Contudo, o prefeito ressaltou que não serão permitidas a comercialização dos ambulantes na areia.

Segundo Neto, as atividades que gerem aglomerações, tais como piqueniques, luaus e outros eventos, também serão proibidas, assim como o uso de cadeiras, ombrelones, guarda-sóis, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros. “Atividades esportivas serão liberadas, individuais ou em duplas, com proibição daquelas que gerem contato físico entre os praticantes e os coletivos, a exemplo da tradicional baba”, frisou.

De acordo com o prefeito a reabertura das praias de Salvador não significa um convite às aglomerações. “O nosso litoral não pode ser palco de multidões e multiplicações da Covid-19. Salvador tem acompanhado a minha postura desde o início do enfrentamento a essa pandemia, e tem visto que tudo que a gente faz é pensando em preservar a vida das pessoas. Até agora, não demos um passo para trás, apenas para frente, porque temos agido com segurança e cautela. Esperamos o apoio das pessoas e que continuemos assim”, disse.

Vale lembrar que para algumas praias que foram liberadas, existem restrições. Os frequentadores poderão comparecer entre terça e sexta-feira, nas praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina e Itapuã. Já as praias do Porto da Barra, Buracão e Paciência (essas duas últimas no Rio Vermelho) devem permanecer fechadas. “As demais poderão ser utilizadas de segunda a sexta. Em dias de feriado, também, nenhuma poderá abrir”, ressaltou o prefeito.

Segundo ele, não está permitindo o funcionamento das praias no final de semana e nem feriados para evitar aglomerações. “No caso do Porto da Barra, do Buracão e da Paciência, elas não vão reabrir porque possuem uma faixa de areia muito estreia, e costumam ter um fluxo grande de pessoas mesmo durante os dias de semana. É uma questão de segurança. No caso das praias do Subúrbio, Ribeira, Amaralina e Itapuã, elas também costumam reunir muita gente às segundas e por isso não estarão abertas nesse dia, ponderou ACM Neto.

De acordo com os protocolos, a reabertura já começa a partir da semana que vem. A Guarda Civil Municipal (GCM) vai fiscalizar. O horário de uso das praias será livre, e não haverá limite de pessoas, mas o distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores deverá ser respeitado, bem como o uso de máscara (com exceção de quando as pessoas estiverem na água).

Em relação aos números do novo coronavírus na cidade, o prefeito falou que houve um recuo na média móvel de casos da doença, bem como na ocupação de leitos de UTI exclusivos para pacientes com a Covid-19 e dos óbitos. “Na semana passada, por exemplo, houve um recuo de 31% na quantidade de vítimas fatais contaminadas pelo novo coronavírus, quando a comparação da média móvel é feita com a mesma medida há 14 dias atrás”, lembrou o gestor.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp