17/02/2019 às 12h31min - Atualizada em 17/02/2019 às 12h31min

Sem dinheiro da Libertadores, São Paulo tem Copa do Brasil para tentar recuperar bolada

Tricolor previa em orçamento chegar às quartas de final e não terá mais cotas da Conmebol, nem bilheteria da competição continental. Torneio de mata-mata pode render mais de R$ 60 milhões em prêmios

globoesporte.globo.com Leandro Canônico e Marcelo Hazan — São Paulo
Eliminação do São Paulo na Libertadores torna Copa do Brasil maior objetivo financeiro — Foto: Marcos Ribolli

eliminação precoce do São Paulo na Copa Libertadores para o Talleres gera um problema orçamentário para o clube.

Na previsão para 2019, o Tricolor projetava alcançar as quartas de final, o que renderia cerca de R$ 23,5 milhões (6,3 milhões de dólares) em premiações pagas pela Conmebol de acordo com classificação por cada fase - nesse valor não está incluída a receita com bilheteria (veja a tabela abaixo).

Fora da Libertadores na segunda fase, o São Paulo receberá 500 mil dólares (R$ 1,8 milhão). A alternativa para cobrir o dinheiro que o clube deixará de ganhar é a Copa do Brasil. Além de uma taça inédita para o Tricolor, a conquista do torneio de mata-mata representaria prêmios de aproximadamente R$ 64,3 milhões (entenda abaixo).

 
Eliminação do São Paulo na Libertadores torna Copa do Brasil maior objetivo financeiro — Foto: Marcos Ribolli

Eliminação do São Paulo na Libertadores torna Copa do Brasil maior objetivo financeiro — Foto: Marcos Ribolli

Eliminação do São Paulo na Libertadores torna Copa do Brasil maior objetivo financeiro — Foto: Marcos Ribolli

Eliminação do São Paulo na Libertadores torna Copa do Brasil maior objetivo financeiro — Foto: Marcos Ribolli

Eliminação do São Paulo na Libertadores torna Copa do Brasil maior objetivo financeiro — Foto: Marcos Ribolli

Por ter participado da Libertadores, o São Paulo entrará direto nas oitavas de final da Copa do Brasil e não disputa as três primeiras fases eliminatórias.

Além de mexer na parte financeira do São Paulo, a eliminação na Libertadores provocou mudanças imediatas.

Houve troca no comando técnico: saiu André Jardine (mantido no clube em cargo a ser definido), Cuca foi contratado, mas por um problema cardíaco só poderá assumir o São Paulo a partir de 15 de abril. Até lá, o antes coordenador técnico Vagner Mancini assume interinamente durante o Paulistão.
 

Tabela de premiações da Libertadores 2019

Fase Valor
Segunda fase 500 mil dólares
Terceira fase 550 mil dólares
Fase de grupos 1 milhão de dólares por partida em casa
Oitavas de final 1,050 milhão de dólares
Quartas de final 1,2 milhão de dólares

Tabela de premiações da Copa do Brasil

Fase Valor
Oitavas R$ 2,5 milhões
Quartas R$ 3,15 milhões
Semifinais R$ 6,7 milhões
Vice-campeão R$ 21 milhões
Campeão R$ 52 milhões
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »