30/03/2020 às 13h40min - Atualizada em 30/03/2020 às 15h39min

Especialistas em TI são os mais requisitados no mercado de trabalho

O mercado de TI, globalmente, terá déficit de 570 mil profissionais só em 2020

DINO


As empresas lidam com uma quantidade massiva de dados e informações que precisam ser destrinchadas diariamente. Para isso são necessários profissionais que conheçam essas informações para analisar e descobrir tendências de mercado em meio às informações coletadas - os especialistas em ciências de dados.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), atualmente, existem 845 mil vagas em TI no Brasil. "Temos uma demanda latente por especialistas em Big Data e Middleware, por exemplo. Faltam hoje no mercado talentos que preencham os pré-requisitos destas vagas", comenta Eunice Soares, Gerente de Inovação e Transformação de Dados da Tecnisys. "Dentro das organizações essas áreas são as mais requisitadas", completa.

Excesso de vagas e ausência de mão de obra qualificada. Esta é a realidade do mercado de tecnologia no Brasil. "Existem vagas abertas, mas não encontramos desempregados. Ou seja, há mais vagas do que candidatos disponíveis", conta a Gerente de Consultoria e Serviços Especializados da Tecnisys, Clara Larissa Barbosa. Como consequência, ano após ano há uma lacuna entre as necessidades das empresas e o número de profissionais disponíveis. Na Tecnisys, empresa brasiliense fundada há 28 anos, existem vagas que não são preenchidas há quase 1 ano.

A ausência de mão de obra em tecnologia não é exclusiva no Brasil. Segundo a IDC, consultoria mundial para os mercados de tecnologia, o mercado de TI, globalmente, terá déficit de 570 mil profissionais só em 2020.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »