24/03/2020 às 00h45min - Atualizada em 24/03/2020 às 00h45min

Vida a dois: como sobreviver a quarentena sem enlouquecer

Durante esse período de confinamento, saiba como lidar com a presença do cônjuge o tempo todo

Ab Noticia News
Folha Universal
Getty Images e reprodução

Diante da pandemia que o mundo vive por conta do Coronavírus, todos os que podem permanecer em suas casas, assim estão fazendo. Ninguém sai, a fim de evitar a propagação do Covid-19, que já contaminou milhares de pessoas e causou outras milhares de mortes em todo o mundo.

Por aqui, um decreto do governador de São Paulo, João Doria, por exemplo, determinou que, a partir desta terça feira, 24 de março, todos os estabelecimentos considerados não essenciais deverão fechar por quinze dias. 

Depois desta determinação, logo surgiram piadas relacionadas ao confinamento ao lado do parceiro. A internet foi tomada por “memes” (imagens, áudios e/ou vídeos engraçados que circulam pela internet) sobre o assunto. Um deles dizia: Sem futebol na TV e sem poder sair de casa, comecei a conversar com minha esposa… ela parece ser gente boa!”.

Apesar de ser engraçado, o post também revela a realidade de muitos casais: duas pessoas que dividem o mesmo teto, sem diálogo. O resultado é uma quarentena polvorosa.

E não é para menos, muitos casais que antes viviam com suas rotinas e se encontravam ao fim do dia, agora têm de lidar um com o outro durante as 24 horas.

Como sobreviver

A realidade é que estar confinado com alguém durante tanto tempo pode revelar muito sobre a pessoa amada, mas, sobretudo, sobre a saúde do casamento. 

Durante o momento dos casais, na Reunião do Encontro com Deus deste domingo (22), com transmissão pela internet, Renato e Cristiane Cardoso destacaram que, para muitos, ter de passar alguns dias ao lado da outra pessoa pode não ser fácil, por conta da incerteza em que o mundo está vivendo. 

“É até ruim você deixar a televisão ligada nas notícias o tempo todo, se alimentando destas palavras de terror. Você não pode ficar se expondo àquilo que só vai aumentar o seu estresse”, orientou Renato. 

Ele ainda esclareceu que este não é o momento para brigas. “Nem de abrir o armário e tirar todos os esqueletos que estão lá; não é o momento de ‘DR’ (discutir a relação). Não é o momento de aumentar o estresse, mas de encontrar uma forma de aliviar e acalmar os ânimos”, completou. 

Além disso, o casal ainda destacou que estar em confinamento pode revelar muitas oportunidades. Cristiane destaca que este é o momento de muitos mostrarem ao parceiro o quanto são pessoas agradáveis. 

“Você é uma pessoa super legal. É interessante e tem assuntos interessantes para conversar, mas quando você começa a murmurar, você perde essa postura de uma pessoa legal e se torna estressante”, destacou ela. 

Ademais, Renato pontua que o segredo para sobreviver ao confinamento é a união. “O momento é se unir e lutar contra o inimigo externo e não fazer um do outro o inimigo. Isso é muito importante você entender. Então, aproveite o tempo que estão em casa para fazer o que não tinham tempo”, concluiu Renato. 

Assista aos ensinamentos, na íntegra, no vídeo abaixo: 

Terapia do Amor

Se você deseja aprender mais sobre o amor inteligente para lidar com seu parceiro, não apenas durante a quarentena, mas por toda a vida, não deixe de assistir a reunião da Terapia do Amor.

As palestras acontecem todas as quintas-feiras, em todo o Brasil. No entanto, em função da determinação judicial, as igrejas não estão realizando cultos, por isso, as palestras serão transmitidas pela internet e pela televisão.

Você pode acompanhar pelas redes sociais (InstagramFacebook e Youtube), pelo Univer Vídeo, pela TV Universal, mas também pode assistir pelos canais CNT e 21 e pela Rede Aleluia (99,5 FM). Não perca.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp