23/03/2020 às 08h54min - Atualizada em 23/03/2020 às 10h06min

São Paulo espera manter bons números no setor industrial para o restante do ano

O Estado de São Paulo mostrou recuperação e tem conseguido escapar quase ileso de tombos econômicos dos últimos anos

DINO
https://www.grupoalltech.com.br/

Após a crise financeira que assolou o país nos últimos anos, o Estado de São Paulo mostrou recuperação e tem conseguido escapar quase ileso de tombos econômicos, registrando índice de crescimento três vezes acima do restante do país, e isso graças ao setor industrial.

Após período de retração, Indústria paulista volta a ganhar força com aportes

A Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo (Piesp), da Fundação Seade, mostrou dados de 2019, confirmando que o cenário industrial de São Paulo, ainda que tenha sofrido retração durante a crise econômica que atingiu o país alguns anos atrás, mostrou retomada significativa e voltou a ganhar mais força graças a aportes expressivos.

Ano passado, a iniciativa privada anunciou R$ 100,1 bilhões em investimentos, o terceiro maior montante desde o surgimento da Piesp, representando aumento de 80% em relação aos investimentos feitos em 2018 (de apenas R$ 55,7 bilhões).

Indústria de São Paulo cresce mais que a média nacional

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central, considerado um primeiro retrato do PIB (Produto Interno Bruto), mostrou o estado em primeiro lugar do ranking nacional, com evolução de 2,8% frente a 0,9% do restante do Brasil em 2019. Depois de São Paulo, apenas Paraná, Santa Catarina e Goiás tiveram índices acima de 2%. Sem o bom desempenho de São Paulo, o país, provavelmente, teria tido resultados aquém da realidade.

No varejo em geral (que leva em consideração todos os ramos, além do industrial), o crescimento foi ainda mais significativo, com 5,3% ano passado, frente a 3,9% de desempenho do país. No segmento de serviços, a diferença foi ainda maior, com 3,3% de evolução de São Paulo contra apenas 1% da média brasileira.

De acordo com a Piesp, além da Indústria brasileira, o setor de infraestrutura também mostrou dados positivos, com liberação de investimentos que chegam a R$ 53,4 bilhões. Para serviços, o anúncio foi de R$ 10,6 bilhões, e no comércio, de 1,3 bilhão.

Projeção para 2020

Para 2020, a estimativa é de que a economia do País siga se consolidando no processo de reaquecimento e crescimento, com aumento de 2,5%. A projeção foi feita pela própria Confederação Nacional da Indústria (CNI), no Informe Conjuntural Economia Brasileira. De acordo com a Confederação, o PIB, que leva em consideração todos os bens e serviços produzidos pelo Brasil, será incentivado, principalmente, pela expansão industrial.

Consumo de máquinas de usinagem cresce junto à Indústria

O consumo de máquinas de usinagem registrou alta ao longo do ano de 2019. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), o aumento do consumo de maquinário e outros equipamentos cresceu praticamente 16% no acumulado do ano. Tal percentual mostra que os números indicam uma maior participação do setor industrial na economia, e consequente procura por máquinas de usinagem melhores e mais tecnológicas.

Na Alltech, o empresário industrial encontra o melhor em maquinário e equipamentos para indústrias, além de suporte de profissionais engajados no setor industrial. Por meio do site, é possível conhecer os produtos e os serviços fornecidos pelo grupo Alltech, além de encontrar as melhores máquinas de usinagem.



Website: https://www.grupoalltech.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp