05/11/2018 às 10h57min - Atualizada em 05/11/2018 às 10h57min

Adolescente australiano vence o campeonato mundial de corrida de drones

Aos 15 anos, Rudi Browning superou outros 127 pilotos de 32 países

O Globo
Rudi Browning, de 15 anos, celebra a vitória no campeonato mundial de drones Foto: FAI / Marcus King
RIO — O adolescente australiano Rudi Browning, de 15 anos, sagrou-se campeão mundial de corrida de drones após bater 127 pilotos, de 34 países, em quatro dias de competições em Shenzhen, na China, cidade conhecida como o coração da indústria de drones. A final foi disputada no domingo no estádio da Universidade Shenzhen, onde Browning superou o austríaco Bastian Hackl, que ficou com a prata, e Karlie Gross, da Letônia, com o bronze.

— É absolutamente incrível. Eu sonhei com isso e é incrível que tenha se tornado realidade. Eu não poderia estar mais feliz — celebrou Browning, após a vitória. — Eu sou muito competitivo e miro o topo. O objetivo era ganhar. Eu tive muita sorte, assim como habilidade, tudo se juntou e estou muito feliz.

Além da medalha de ouro concedida pela Federação Aeronáutica Internacional, Browning recebeu premiação de US$ 24 mil, cerca de R$ 90 mil.

Esta foi a primeira edição do World Drone Racing Championship. Os pilotos competiram na categoria individual e por equipe, com até cinco participantes, incluindo necessariamente uma mulher e um piloto júnior. Na competição por equipes, a Austrália ficou com o ouro, seguida pela Suécia e pela Coreia do Sul.

Wanraya Wannapong, de apenas 11 anos, venceu entre as mulheres Foto: FAI / Marcus King

Wanraya Wannapong, de apenas 11 anos, venceu entre as mulheres Foto: FAI / Marcus King

Wanraya Wannapong, de apenas 11 anos, venceu entre as mulheres Foto: FAI / Marcus King

 

Entre as mulheres, o ouro ficou com a tailandesa Wanraya Wannapong, de apenas 11 anos. Ela contou que recebe apoio total do pai, com quem realiza os treinos.

— Eu voo todos os dias, e o dia inteiro quando não tenho aula — afirmou a jovem campeã. — Eu amei este percurso. E gostei de voar a noite, foi muito divertido.

Na categoria júnior, o vencedor foi o sueco Oscar Nilsson, de 17 anos. Apesar da frustração por não ter vencido a competição geral, o prêmio foi comemorado.
 

A pista, com 650 metros de extensão, foi montada no estádio de uma universidade na China Foto: FAI / Marcus King

A pista, com 650 metros de extensão, foi montada no estádio de uma universidade na China Foto: FAI / Marcus King

A pista, com 650 metros de extensão, foi montada no estádio de uma universidade na China Foto: FAI / Marcus King

 

— Me sinto muito bem. O meu objetivo era a vitória geral, mas a categoria júnior é muito boa! — afirmou. — Eu quero agradecer pelo apoio da minha equipe. Nós viemos para a China para cooperar e isso realmente funcionou.

Toda iluminada com lâmpadas LEDs, a pista tinha 650 metros de extensão, com três níveis diferentes. Os pilotos tinham que voar através de obstáculos e portões, demonstrando suas habilidades. Cada corrida tem quatro pilotos, e vence o primeiro a cruzar a linha de chegada.

Cada corrida é disputada por quatro drones Foto: FAI / Antonis Papadopoulos

Cada corrida é disputada por quatro drones Foto: FAI / Antonis Papadopoulos

Cada corrida é disputada por quatro drones Foto: FAI / Antonis Papadopoulos

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »