04/11/2018 às 22h11min - Atualizada em 04/11/2018 às 22h11min

Ronaldo Jacaré afirma que disputará o título após nocautear Weidman: "Quero trucidar"

Brasileiro também revela preocupação da esposa com o estado do americano depois da luta e elogia Adesanya

Combate Por Camilo Pinheiro Machado e Raphael Marinho — Direto de Nova York, EUA
Jason Silva

A impressionante vitória de Ronaldo Jacaré contra Chris Weidman, quando nocauteou o americano na co-luta principal do UFC 230, na madrugada deste sábado para domingo, empolgou o brasileiro. Na coletiva de imprensa do evento realizado em Nova York, o lutador disse ter certeza de que disputará o cinturão dos médios em sua próxima luta contra o vencedor do duelo entre o campeão Robert Whittaker e o próximo desafiante, Kelvin Gastelum.

- Eu sabia que a luta iria acabar quando a minha mão entrasse. Só esperei o momento certo. Agora é 100% chance de título. Já tive uma chance antes, só que desta vez me credenciei de novo e vou lutar pelo título. Não quero nem saber (contra) quem vai ser. Quero pegar o vencedor e trucidar. Eu nunca perdi uma revanche. Sempre quando chega a hora da verdade, eu faço um bom trabalho. Eu sabia o quão duro era o Chris entao me preparei bem e venci - disse.

O duro nocaute imposto a Weidman no terceiro assalto da luta gerou uma situação inusitada. Preocupada com o estado físico do americano, a esposa de Jacaré ligou para o brasileiro para saber com o rival estava.

- Foi uma grande vitória, e sou um grande fã dele. Fiquei muito feliz por isso. Antes de tudo somos seres humanos. A nossa família gosta muito dele. Então quando aconteceu isso, minha mulher pediu para eu ir no vestiário do Chris para perguntar como ele estava. Nós nos gostamos muito como lutadores e pessoas.

Mesmo com o triunfo, Jacaré tem algo para reclamar. Depois de ver Weidman ser superior no primeiro assalto, o brasileiro cresceu no segundo, antes de nocautear no terceiro. Entretanto, dois juízes laterais marcavam 20 a 18 para o americano, enquanto apenas um tinha 19 a 19 até então.

- Isso é horrível. Eu nunca gosto de luta próxima assim porque nunca ganhei por decisão do juiz assim.

Outro assunto abordado pela imprensa na coletiva de imprensa foi o nocaute fulminante de Israel Adesanya contra Derek Brunson. Jacaré elogiou o nigeriano, mas descartou um confronto contra ele agora.

- Esse cara é impressionante. Muito. Mas eu também já fiz aquilo ali e fiz melhor que ele. Então ele vai ter que fazer isso em mais lutas. E fiz melhor que ele duas vezes. Eu vou lutar pelo título, então por que eu tenho que pensar em Adesanya? Isso não faz sentido - concluiu, referindo-se ao fato de que bateu Brunson por duas vezes na carreira, ambas por nocaute no primeiro round.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »