05/06/2024 às 14h30min - Atualizada em 06/06/2024 às 00h02min

Áreas verdes conquistam moradores e são focos das empresas da construção civil

Empreendimentos, com árvores, jardins e cercados por natureza, despontam cada vez mais no mercado, como o Aura da Patrimar e da Somattos

JOãO MARCELO DE ALBUQUERQUE
Divulgação
Sensação de bem-estar, melhoria da qualidade de vida e conexão com a natureza. Com foco neste tripé, as pessoas têm optado, cada vez mais, por moradias cercadas por verde e com jardins, o que virou uma tendência no mercado. As empresas da área têm investido no lançamento de condomínios verticais, com essas características, em função da alta demanda.
 
A Patrimar e a Somattos se uniram e preparam o lançamento do Aura, empreendimento de alto luxo na Vila da Serra, em Nova Lima (MG) que ocupa um terreno de mais de 12 mil m², rodeado por vegetação exuberante, que é extensão da Mata do Jambreiro, localizada no Vale do Sereno, e com vista incrível para quem aprecia o nascer e o pôr do sol.

 
Já a área interna do condomínio - que conta com três torres e 161 apartamentos de 137 m² a 202 m², com quatro quartos -, foi idealizada para propiciar momentos de relaxamento em meio ao verde. O projeto paisagístico é assinado por um dos grandes representantes da área, Luiz Carlos Orsini. Nas calçadas e na entrada do Aura, serão plantadas diversas árvores que, por meio de suas texturas, troncos e folhagens, sugerem uma expansão da exuberância da Mata do Jambreiro. A mesma sensação acontece nas áreas comuns que contarão com um mix de espécies nativas e tropicais, que compõe os jardins simbióticos do edifício.
 
“A diversidade de espécies utilizadas e o design dos canteiros faz com que os espaços comuns do Aura sejam abraçados pelo verde. O jardim se descortina aos poucos para o morador, que é instigado a todo momento a descobrir novos espaços”, ressalta o paisagista Luiz Carlos Orsini.
 
O cuidado na escolha das espécies nativas do bioma local pode ser destacado nas espécies arbóreas, como paus-mulatos, quaresmeiras e sibipirunas, que apresentam ora troncos escultóricos, ora folhagens prateadas, flores coloridas, que são atrativos para os tucanos, bem-ti-vis, sabiás, canarinhos, rolinhas, entre outras aves da fauna local. As árvores presentes no projeto possuem tempos de crescimentos variados, algumas bem rápidas, como embaúbas, e outras mais lentas, como sibipirunas.
 
O jardim, que foi pensado com base em uma estética regular durante todo o ano, através da escolha de espécies perenes - que não apresentam troca de folhas nem flores -, demanda baixíssima manutenção.
 
De acordo com o paisagista, os espaços verdes colaboram não só para o conforto térmico do empreendimento em si, mas também propicia momentos de descompressão do dia a dia agitado das cidades, possibilitando descanso, prática de esportes ao ar livre, estudos, meditação e lazer. “No Aura, a Natureza sempre estará ao alcance de todos!", afirma.
 

Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
JOÃO MARCELO SOARES DE ALBUQUERQUE
[email protected]


Link
Notícias Relacionadas »
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia