29/01/2020 às 09h42min - Atualizada em 30/01/2020 às 19h23min

Imigrar para o Canadá depois dos trinta: é possível?

Embora conseguir o visto permanente para moradia no Canadá depois dos trinta seja difícil, está longe de ser impossível

DINO
http://www.evisaimmigration.com


O Canadá espera receber 1,08 milhão de imigrantes até o ano de 2021. A meta, descrita em um relatório do ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do país, Ahmed Hussen, anima muitos brasileiros que desejam mudar de vez para o país. 

A grande aposta do Canadá em receber imigrantes é por conta da situação de mão de obra: há 42 anos existe escassez de prestadores de serviço e, atualmente, muitos empregos estão sobrando. E, ainda seguindo o documento, foi possível ver que a integração de novos moradores já começou: uma a cada cinco pessoas que vive no Canadá não nasceu no país. 

Enquanto isso, o Brasil segue um rumo completamente contrário: uma pesquisa realizada pela Talenses constatou que 91% dos profissionais têm vontade de sair do País e trabalhar no exterior. 

Unindo o útil ao agradável

“Não se pode perder tempo. Quem tem vontade de ir para o Canadá, deve ir. Agora é o melhor momento”, diz Marilene Quintana, sócia-fundadora da e-Visa Immigration. Além de ter um povo extremamente receptivo, segurança e emprego garantido, o Canadá também conta com programas exclusivos para imigrantes.

Entre eles, o “Express Entry”, que utiliza um sistema de pontos para fornecer visto permanente. E, embora a entrada seja facilitada, existe um grupo que se preocupa na hora de se registrar e tentar a entrada: aqueles que já passaram dos trinta.

“O Express Entry conta pontos por diversos pilares: educacionais e corporativos principalmente. O grande problema é que a idade também é um fator - aqueles que possuem mais de 31 anos perdem pontos e, ao chegarem nos 46, não pontuam mais”, diz Marilene. 

O que fazer, então, diante de uma complicação? Para Marilene, isso pode ser facilmente contornado. “Se os outros fatores estiverem bem alinhados e demonstrarem um cidadão competente, estudioso e bem-sucedido na vida profissional, a idade será apenas um detalhe”, diz.

De qualquer forma, caso não seja possível conquistar o Entry Express, o segredo é investir em uma especialização. “Nessa situação, é preciso chegar ao país com o visto de estudante. Estando lá e tendo uma experiência no país em questão, o Express Entry torna-se uma opção viável. É preciso dar um passo de cada vez”, finaliza a empreendedora. 

Apoio especializado

A e-Visa Immigration nasceu com a missão de atender brasileiros que desejam visitar, estudar, trabalhar ou morar permanentemente no Canadá. 

Com cinco anos de atuação, a e-Visa Immigration se especializou em casos complexos de imigração e um grande planejamento para direcionar seus clientes, indo desde a ideia de mudar de país, até a chegada e recebimento da residência permanente. Saiba mais: www.evisaimmigration.com

 



Website: http://www.evisaimmigration.com
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »