29/01/2020 às 11h15min - Atualizada em 30/01/2020 às 19h19min

Ampliar corrente total do comércio é a meta do governo brasileiro em 2020

O plano principal é investir em ampliar a corrente total do comércio. O objetivo é fazer com que esse valor sobre o PIB Nacional gire em torno de 23% e 24%, superando a cifra de US$ 401,34 bilhões em 2019, valor 5,7% menor em relação ao ano anterior.

DINO
https://www.asgroup-portal.com/pt


A balança comercial brasileira sofreu uma redução em 2019 e de acordo com o Ministério da Economia, para 2020, o plano principal da pasta não é aumentar esse saldo, e sim investir em ampliar a corrente total do comércio, que é a soma das importações com as exportações. O objetivo é fazer com que esse valor sobre o PIB Nacional gire em torno de 23% e 24%, superando a cifra de US$ 401,34 bilhões em 2019, valor 5,7% menor em relação ao ano anterior.

O foco em ampliar a corrente total do comércio tem como aspiração se aproximar de outros países com economia semelhante à do Brasil, mas que estão bem à frente. No México, o percentual da corrente de comércio sobre o PIB é superior a 70%. Na China, ultrapassa 40%; e no Chile, aos 30%.

Além disso, o Ministério justifica a sua escolha se espelhando em outros países que não tem saldo comercial positivo, como os EUA. De acordo com o Secretário de comércio exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz: "O objetivo fundamental é aumentar o grau de integração da economia brasileira e com isso contribuir para o aumento da nossa produtividade, com o crescimento de longo prazo, geração de emprego e renda".
Mas apesar de um resultado ruim na balança comercial brasileira em 2019, o ano passado não foi completamente ruim para o país em relação a comércio exterior, ao contrário na verdade, após diversos acordos comerciais (Mercosul com a União Europeia e com a Associação Europeia de Livre Comércio (Efta, bloco que reúne Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein), o Brasil tem como se melhor posicionar no comércio global e atingir melhores cifras.

E ainda mais, estão em estágio avançado as negociações para um acordo de livre comércio com o Canadá, Coreia do Sul e Cingapura, se este forem assinados em 2020 também ajudarão o Brasil a atingir as suas metas comerciais.

"Independentemente de qual seja a meta do governo, é importante que as empresas, associações e pessoas envolvidas com o comércio exterior vejam as oportunidades disponíveis para esse ano e auxiliem no crescimento do mercado brasileiro. Aqui na Asia Shipping , 2020 é um ano de crescimento e renovação, não somente pelas oportunidades do mercado, mas pela nossa visão interna que podemos ir muito mais longe", AS, maior integradora logística da América Latina.



Website: https://www.asgroup-portal.com/pt
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »