27/01/2020 às 12h40min - Atualizada em 28/01/2020 às 19h20min

10 dicas para o vale-refeição chegar até o fim do mês

Muita gente encontra dificuldades tentando esticar o vale-refeição depois do dia 15. Com dicas simples, dá para mudar isso.

DINO
https://www.sodexobeneficios.com.br


Mais de um terço das pessoas (38%) não conseguem fazer o crédito do vale-refeição durar o mês todo, segundo o SPC. O segredo não está no valor que vem no cartão, mas em como é utilizado.

10 dicas da consultora financeira Odete Reis e do youtuber Thiago Nigro (do canal Primo Rico) para fazer o cartão vale-refeição durar até o fim do mês e como economizar o VR.

1. Fazer contas

Saber quanto há no cartão Sodexo e a média que é possível gastar por dia é fundamental. Isso aparece no extrato do vale-refeição no Sodexo Club. Para consultar, o consumidor deve baixar o app e acompanhar a movimentação detalhada do benefício refeição.

2. O VR é parte do orçamento

Muita gente trata o crédito do cartão refeição como um dinheiro extra, mas o valor do benefício deve ser somado ao orçamento mensal. É preciso controlar e planejar o uso, assim como é feito com o salário. Quanto mais organizado for, mais o vale-refeição irá render.

3. Ficar de olho no saldo

É necessário acompanhar se está dentro do limite diário ou se extrapolou. O app da Sodexo permite acesso fácil ao extrato do cartão pelo celular. Consultar o saldo do vale-refeição é simples e rápido.

4. Pesquisar restaurantes mais baratos

Circular pelo bairro comparando preços pode ajudar a fazer o saldo do cartão durar mais, assim, o consumidor fica ligado no preço médio para comer fora na região do trabalho. Uma dica: a Sodexo disponibiliza a consulta aos restaurantes e lanchonetes mais próximos que aceitam o vale-refeição no site e no app.

5. Ter cuidado com o prato do quilo

Os pratos nos restaurantes por quilo são grandes para que o consumidor pegue mais comida e gaste mais. Maior a chance também de desperdiçar alimentos.

6. Bebida para acompanhar? Não!

Se o refrigerante custa R$ 5 e há uma média R$ 25 por dia para consumir com o cartão vale-refeição, o consumidor terá 20% a menos para gastar com comida. Isso quer dizer 5 dias a menos com o VR no fim do mês.

7. Levar os próprios snacks

Todo mundo gosta de comer um docinho depois do almoço ou um salgado no meio da tarde. Mas é importante saber que esses itens são muito mais caros no caixa da lanchonete. É mais barato comprar antes no mercado e trazer de casa.

8. Comer entre as refeições

O raciocínio é simples: se a pessoa ficar muitas horas sem comer, quando sair para o almoço vai estar esfomeada. E daí vai consumir mais do que o normal e gastar muito mais créditos do VR. A dica é aproveitar o vale-alimentação para comprar snacks saudáveis no mercado e comê-los a cada duas ou três horas.

9. Aproveitar as ofertas

Muitos restaurantes têm promoções com descontos ou pratos mais baratos em certos dias da semana. É possível ficar por dentro dessas promoções com o Sodexo Club, um clube de vantagens com diversas promoções e descontos exclusivos para usar o vale-refeição.

10. Fidelidade compensa?

Vários restaurantes costumam premiar seus clientes frequentes com sobremesas ou refeições grátis, mesmo para quem paga com vale-refeição. No entanto, antes de entrar em um desses programas, o consumidor deve fazer as contas se eles realmente valem à pena, calculando o quanto gastaria com o consumo e com o valor da recompensa.



Website: https://www.sodexobeneficios.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »