27/02/2024 às 08h50min - Atualizada em 27/02/2024 às 08h55min

Projeto de lei americano aumenta o número de Green Cards; entenda

Projeto de lei propõe adição de novos 250 mil Green Cards e vistos para os próximos anos

AB NOTICIA NEWS
BNEWS
Reprodução

Boas notícias para quem tem planos de se mudar para os Estados Unidos. Um projeto de lei está tramitando no Senado americano com propostas que devem tornar o processo imigratório mais eficiente. O documento indica um investimento de US$ 440 milhões destinados à contratação de mais juízes de imigração, o que deve agilizar a fila de pedidos  de green cards (visto de residência permanente). 

 

Na prática, isso pode significar 18 mil green cards baseados em emprego, anualmente, entre os anos fiscais de 2025 a 2029. No caso dos green cards familiares, em categorias de preferência, estima-se 32 mil por ano entre os anos fiscais de 2025 e 2029.

O projeto resulta de uma necessidade urgente que os Estados Unidos tem de atrair profissionais para seu imenso mercado de trabalho. Com um PIB anual de 23 trilhões de dólares (comparado a 1,6 trilhão no Brasil), a economia americana absorve toda mão de obra disponível e - atrair imigrantes qualificados - é uma ótima solução. 

Mão de obra qualificada (mesmo que estrangeira) é o combustível de uma economia. Um estudo recente divulgado pelo Congresso dos EUA estima que, se o ritmo da entrada de imigrantes continuar o mesmo, o PIB do país pode crescer US$ 7 trilhões até 2033, com o aumento da força de trabalho de cerca de 5,2 milhões de pessoas.

Os brasileiros certamente farão parte desse montante, considerando o crescente interesse pelos Estados Unidos até hoje. Segundo Gustavo Nicolau, advogado licenciado nos Estados Unidos e sócio de um dos principais escritórios de advocacia de imigração, a Green Card US, a procura vem aumentando.

“Em 2023, registramos um volume de pedidos 40% maior em relação ao ano anterior. Há uma procura relevante de novas oportunidades, e os Estados Unidos estão igualmente em busca de mais mão de obra qualificada em diversos setores. É uma conta que fecha muito bem”, explica Nicolau.

Um diploma de graduação (de ao menos quatro anos) somado a cinco anos de experiência profissional já pré-qualifica o candidato como “advanced degree”, segundo a Lei Federal Americana de Imigração (INA) e o coloca com boas chances de ter o seu Green Card aprovado. Existe ainda a possibilidade de ir para lá com um sponsor, ou seja, uma empresa americana contratante, o que pode facilitar bastante o processo.

Curiosamente, apesar das divergências entre Republicanos e Democratas, atrair imigrantes qualificados é um tema que costuma gerar certo consenso político. Os imigrantes possuem papel essencial na economia estadunidense, e profissionais qualificados fortalecem os setores mais importantes do país — como tecnologia, engenharia, saúde, educação, entre outros.

“Não é à toa que vemos o número de green cards aumentando a cada ano. Mesmo quando o governo muda, de Republicano para Democrata ou vice-versa, esse é um crescimento constante. É a maior economia do mundo e eles simplesmente precisam de mais mão de obra para sustentar seu crescimento”, conclui Gustavo.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia